v. 5 n. 9 (2011): Arquivo sefardi e ídiche de literatura e outras artes

Detalhe de "Voo", de Vlad Eugen Poenaru

Apresentação

Lyslei Nascimento (Universidade Federal de Minas Gerais)

Este número da Arquivo Maaravi: Revista Digital de Estudos Judaicos da UFMG pretende dar visibilidade à inúmeras manifestações da cultura ídiche e sefardi na literatura e em outras artes. A produção literária e artística judaica constitui, não resta dúvida, um dos acervos mais importantes da cultura ocidental. Escritores ídiches, com seu humor peculiar, suas personagens marcantes, bem como sua forma singular de retratar o schtetl – a vilazinha judaica, com seus usos e costumes, sua melancólica miséria, de acordo com a feliz definição de Moacyr Scliar; o impacto do nazismo sobre esse mundo que quase se perde na Segunda Guerra Mundial; a força dos artistas que sobrevivem a esse mal, suas interrogações a partir da literatura, do cinema e das artes em geral devem ser iluminadas com artigos, resenhas, contos e poemas, que deixem vislumbrar a resistência, a multiplicidade e a importância dessa expressão judaica no Ocidente. A produção sefardi, com sua rica poesia e sua sofisticada filosofia, reflexões sobre a vida judaica e suas relações com outras culturas na Espanha, Portugal, Grécia e África também foram aqui contempladas. Além disso, houve oportunidade para se tratar da Inquisição e suas reverberações na produção artística judaica, em geral, e nas Américas e no Brasil, especificamente.

Publicado: 2011-10-30

Arte

Conto

Humor