Facebook como ferramenta complementar de aprendizado em uma disciplina de Medicina de Família e Comunidade

relato de experiência

Autores

  • Leonardo Cançado Monteiro Savassi Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Ouro Preto, MG, Brasil; Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil. http://orcid.org/0000-0001-6780-0377
  • Bárbara Rodrigues Toneli Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Ouro Preto, MG, Brasil.
  • Álisson Oliveira dos Santos Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Ouro Preto, MG, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-4648-9951
  • Rodrigo Pastor Alves Pereira Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Ouro Preto, MG, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-0764-4197

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2018.2359

Palavras-chave:

Rede social, Educação, Medicina de Família e Comunidade

Resumo

O uso de redes sociais no processo de aprendizagem expandiu-se nos últimos anos devido à sua popularidade entre os estudantes, à flexibilidade do tempo gasto na rede e ao seu potencial de interação entre professores e alunos. Apresenta-se a experiência da disciplina “Medicina de Família e Comunidade”, da Escola de Medicina da Universidade Federal de Ouro Preto, em que a rede social Facebook é utilizada como ferramenta complementar no processo de aprendizado acadêmico. Em um grupo controlado e secreto dessa rede, alunos matriculados na disciplina convertem dúvidas clínicas cotidianas em objetivos de aprendizado sob a mediação dos professores responsáveis. A participação dos acadêmicos não é obrigatória nem possui caráter avaliativo. Trata-se de estratégia complementar na qual houve participação ativa a partir das dúvidas levantadas nos atendimentos ambulatoriais, tornando as interações dos alunos qualificadas e o processo de aprendizagem contextual e significativo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Cançado Monteiro Savassi, Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Ouro Preto, MG, Brasil; Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil.

Médico de Família e Comunidade, pediatra, mestre e doutor em Educação em Saúde, Especialização em Saúde da Família, Qualificação em Gestão do SUS. Docente do Departamento de Medicina de Família e Comunidade, Saúde Mental e Coletiva (DEMSC) da Escola de Medicina da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Docente do Departamento de Pediatria da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Bárbara Rodrigues Toneli, Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Ouro Preto, MG, Brasil.

Acadêmica do curso de Medicina da UFOP, vice-presidente da Liga Acadêmica de Saúde da Mulher (LASMU) da UFOP, bolsista do Programa Pró-Ativa intitulado “Avaliação das Redes Sociais como ferramenta complementar de aprendizado na graduação em uma disciplina de Medicina de Família e Comunidade”.

Álisson Oliveira dos Santos, Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Ouro Preto, MG, Brasil.

Médico pela UFOP, atualmente é médico residente na mesma instituição. Mestrando em Telemedicina e Telessaude pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e colaborador técnico da Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS).

Rodrigo Pastor Alves Pereira, Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Ouro Preto, MG, Brasil.

Especialista em Medicina de Família e Comunidade, mestre em Saúde Pública, docente do DEMSC da Escola de Medicina da UFOP.

Downloads

Publicado

2018-12-10

Como Citar

SAVASSI, L. C. M.; TONELI, B. R.; SANTOS, Álisson O. dos; PEREIRA, R. P. A. Facebook como ferramenta complementar de aprendizado em uma disciplina de Medicina de Família e Comunidade: relato de experiência. Revista Docência do Ensino Superior, Belo Horizonte, v. 8, n. 2, p. 156–177, 2018. DOI: 10.35699/2237-5864.2018.2359. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/article/view/2359. Acesso em: 24 jun. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)