"Experiência Dança"

uma prática artístico-pedagógica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2021.20630

Palavras-chave:

Dança, prática artistico-pedagógica, dança contemporanea

Resumo

O artigo apresenta um resumo da dissertação de mestrado Experiência Dança: nos bastidores de uma prática artístico-pedagógica, desenvolvida no Instituto de Artes da Unicamp, orientada pela Profa. Dra. Ana Maria Rodriguez Costas. Examinou-se uma prática artístico-pedagógica elaborada pela autora com base em sua trajetória como artista e professora de dança, apoiada em uma perspectiva de dança contemporânea consonante com o pensamento de Louppe (2012) e pressupostos do coletivo Judson Dance (BANES, 1994; 1999; 2003, CAVRELL, 2012). A pesquisa qualitativa de caráter exploratório partiu da abordagem autoetnográfica aliada à investigação da própria prática com o objetivo de evidenciar as articulações entre concepções e práticas de dança bem como a potência do ato dançante em si enquanto gerador e produtor de conhecimentos.

Referências

BANES, Sally. Greenwich Village 1963: avant-garde, performance e o corpo efervescente. Rio de Janeiro: Rocco, 1999.

BANES, Sally. Reinventing Dance in the 1960s. Madison: University of Wisconsin Press, 2003.

BANES, Sally. Writing Dancing: in the Age of Postmodernism. Hanover: University Press of New England, 1994.

BOGDAN, Robert; BIKLEN, Sari. Investigação Qualitativa em Educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Trad. orientada por Maria Teresa Estrela e Albano Estrela. Porto: Porto Editora, 1994.

CAVRELL, Holly Elizabeth. Dando corpo à história. 2012. 278 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Artes, Campinas, SP.

COSTAS, Ana Maria Rodriguez. A dança como acontecimento. VI Reunião Científica da Abrace, Porto Alegre, 2011.

DEWEY, John. Arte como Experiência. Tradução Vera Ribeiro. São Paulo: Martins Fontes, 2010 (Coleção Todas as Artes).

FORTIN, Sylvie. Contribuições possíveis da etnografia e da auto-etnografia para a pesquisa na prática artística. Trad. Helena Mello. Revista Cena, vol. 7, 2009.

GIL, José. Movimento Total - O corpo e a Dança. Tradução de Miguel Serras Pereira. Lisboa: Relógio D&rsquoÁgua Editores, 2001.

LOUPPE, Laurence. Poética da dança contemporânea. Tradução de Rute Costa. 1a Edição Portuguesa. Lisboa: Orfeu Negro, 2012.

LORENZINI, María José Contreras. La práctica como investigación: nuevas metodologías para la academia latinoamericana. Poiésis, n. 21-22, pp. 71-86, jul.-dez. 2013.

MARQUES, Isabel. Notas sobre o corpo e o ensino de dança. Caderno pedagógico, Lajeado, v.8, n.1, p. 31-36, 2011.

MUNIZ, Zila. Rupturas e procedimentos da dança pós-moderna. Revista: O Teatro Transcende do Departamento de Artes – CCE da FURB – Blumenau, v. 16, n. 2, pp. 63-80, 2011.

MURTA, Flor. Danças contemporâneas: articulando concepções e práticas de ensino. 128 f. Dissertação (Mestrado em Dança) - Escola de Dança. Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2014.

NACHMANOVITCH, Stephen. Ser Criativo - o poder da improvisação na vida e na arte. SP: Summus 1993.

OSTROWER, Fayga. Criatividade e Processos de Criação. Petrópolis: Vozes, 1987.

PEREIRA, Paulo José Baeta. A improvisação integral na dança. Campinas, SP: Editora Meredita, 2014.

PEREIRA, Paulo José Baeta. Reconectando corpo e alma: sobre o processo de improvisação e criação em dança. 2010. Tese (Doutorado em Artes) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas. 127 p.

SARAIVA, Maria do Carmo. O sentido da dança: arte, símbolo, experiência vivida e representação. Movimento, Porto Alegre, v. 11, n. 3, pp. 219-242, setembro/dezembro de 2005.

STRAZZACAPPA, Márcia. MORANDI, Carla. Entre a arte e a docência: a formação do artista da dança. 4 ed. Campinas, SP: Papirus, 2006 (Coleção Ágere).

TOMAZZONI, Airton. Esta tal de dança contemporânea. Idanca.net. 2006. Disponível em: http://idanca.net/esta-tal-de-danca-contemporanea. Acesso em ago. 2016.

VIEIRA, Jorge. Metodologia, complexidade e arte. Revista do Lume, Campinas, n. 4, pp. 1-8, dez. 2013.

Downloads

Publicado

2021-01-29

Como Citar

BLACH DUARTE DE CARVALHO, N. "Experiência Dança": uma prática artístico-pedagógica. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, [S. l.], v. 11, n. 21, p. 32–60, 2021. DOI: 10.35699/2237-5864.2021.20630. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/20630. Acesso em: 21 abr. 2021.

Edição

Seção

Artigos - Seção temática