Sleeping by the Mississippi, de Alec Soth

A fotografia entre a tradição e o formalismo

Autores

  • Gabriel Brisola da Cunha Universidade Federal de Minas Gerais
  • Nilson Assunção Alvarenga Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2021.29620

Palavras-chave:

Fotografia Contemporânea, Alec Soth, Sleeping by the Mississippi

Resumo

O presente artigo tem como objetivo explorar as questões teóricas implicadas no livro Sleeping by the Mississippi, do fotógrafo Alec Soth. Busca-se localizar essas imagens e pensar os conceitos envolvidos nelas, entre a tradição fotográfica do instante e do fotojornalismo, e um formalismo baseado em um mero esteticismo do deadpan. Assim, essas imagens questionariam ambas e extrairiam sua potência dessa brecha: lugar de força, propondo uma experiência questionadora ao espectador.

Biografia do Autor

Gabriel Brisola da Cunha, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutorando em Artes, na linha de pesquisa Artes Visuais, pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Mestre em Artes pela mesma instituição.

Nilson Assunção Alvarenga, Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Graduado em Comunicacao pela UFJF e Doutor em Filosofia pela PUC-rio. Professor do Departamento de Métodos aplicados e práticas laboratorias da Facom-UFJF.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. Infância e história: destruição da experiência e origem da história. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2014.

AGAMBEN, Giorgio. Notas sobre o gesto. Artefilosofia, Ouro Preto, n. 4, p. 9-16, jan. 2008. Disponível em: <https://www.periodicos.ufop.br/pp/index.php/raf/article/view/731>. Acesso em:

maio 2019.

BERGSON, Henri. Matéria e memória. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Felix. O que é filosofia?. São Paulo: Editora 34, 1997.

DELEUZE, Gilles. O abecedário de Gilles Deleuze. [S.l.: s.n.]. Disponível em <http://stoa.usp.br/prodsubjeduc/files/262/1015/Abecedario+G.+Deleuze.pdf>. Acesso em: 16 jul. 2014.

DELEUZE, Gilles. A imagem tempo. São Paulo: Brasiliense, 2005.

LUDMER, Josefina. Literaturas pós-autônomas. Tradução de Flávia Cera. Sopro. Desterro, jan. 2010. Disponível em: . Acesso em: 1. out. 2018.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível. São Paulo: Editora 34, 2005.

RANCIÈRE, Jacques. A fábula cinematográfica. Campinas: Papirus, 2013.

RANCIÈRE, Jacques. O inconsciente estético. São Paulo: Editora 34, 2009.

RANCIÈRE, Jacques. O espectador emancipado. São Paulo: Martins Fontes, 2012.

RANCIÈRE, Jacques. O destino das imagens. Rio de Janeiro: Contraponto, 2012.

RANCIÈRE, Jacques. O que significa estética. Tradução de R. P. Cabral. 2011. Disponível em: <http://www.proymago.pt/Ranciere-Txt-2>. Acesso em: 19 nov. 2017.

SALES, Alessandro Carvalho. 3, 2, 1, 0. Deleuze com Peirce: considerações sobre o signo e o cinema. Unimontes Científica, Montes Claros, v. 6, n. 1, p. 111-124, jan./jun. 2004. Disponível em: <https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/unicientifica/article/view/2466/2511>. Acesso em: 30 ago. 2017.

SOLOMON-GODEAU, Abigail. Winning the game when the rules have been changed. In: WELLS, Liz (org.). The photography reader. Tradução de Rui Cezar dos Santos. Nova York: Routledge, 2002. p. 152-163.

TARKOVSKI, Andrei. Esculpir o tempo. Rio de Janeiro: Martins Fontes, 2002.

VASCONCELLOS, Jorge. O problema da imagem em Gilles Deleuze: uma introdução ao bergsonismo. 1997. 147 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro. Disponível em: <https://www.academia.edu/4863637/O_PROBLEMA_DA_IMAGEM_EM_GILLES_DELEUZE_-_uma_introdução_ao_bergsonismo>. Acesso em: 16 ago. 2017.

Downloads

Publicado

2021-12-13

Como Citar

CUNHA, G. B. da; ALVARENGA, N. A. Sleeping by the Mississippi, de Alec Soth: A fotografia entre a tradição e o formalismo. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, [S. l.], v. 11, n. 23, p. 445–473, 2021. DOI: 10.35699/2237-5864.2021.29620. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/29620. Acesso em: 16 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos - Seção aberta