O texto acadêmico como espaço performático

Autores

  • Debora Pazetto

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2022.38254

Palavras-chave:

arte, teoria, instituição, descolonização

Resumo

Este ensaio tem como objetivo investigar o texto teórico característico de periódicos acadêmicos enquanto plataforma performática. Pretende-se desenvolver, neste campo de derretimento expandido, estratégias artístico-filosóficas de resistência à domesticação do pensamento criativo e situado. Faz parte deste texto ser impresso sobre fac-símiles das páginas internas de uma revista classificada no estrato A1 do Qualis Periódicos, da CAPES (quadriênio atualizado). Assim, embora simule um artigo publicado em periódico científico, este objeto consiste em uma série de imagens publicada enquanto ensaio visual. Isto não é um artigo.

Biografia do Autor

Debora Pazetto

Debora Pazetto atua na área de Teorias das Artes (Estéticas, Críticas, Filosofias e Histórias das Artes) na graduação em Artes Visuais e na linha de Processos Artísticos Contemporâneos no Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da UDESC. É graduada em Filosofia (UFSC) e em Artes Visuais (UDESC), com mestrado e doutorado (UFMG/ Universidade Paris 1 Panthéon-Sorbonne) em Filosofia da Arte.

Sua atuação híbrida (teorias e processos) resulta de suas pesquisas em pensamentos contra-coloniais, teorias queer/cuir, feminismos lésbicos e arte brasileira contemporânea, que se encontram na dissidência em relação aos binarismos coloniais, incluindo teoria X prática. Seus trabalhos mais recentes conspiram potências políticas dos corpos e investigam dispositivos universitários, em especial o texto acadêmico, como espaços performáticos.

Atualmente, é coordenadora do NUDHA – Núcleo de Diversidades, Direitos Humanos e Ações Afirmativas do CEART, e do grupo de pesquisa/ coletivo artístico GRUDHA. 

Referências

Não se aplica

Publicado

2022-12-19

Como Citar

PAZETTO, D. O texto acadêmico como espaço performático. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, [S. l.], v. 12, n. 26, p. 379–400, 2022. DOI: 10.35699/2237-5864.2022.38254. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/38254. Acesso em: 27 jan. 2023.

Edição

Seção

Escritos de artistas