“Distinta e competente educadora”

educação, cidadania e raça na trajetória de uma intelectual negra

  • Jonatas Roque Ribeiro Universidade Estadual de Campinas

Resumo

Neste artigo, procuro refletir sobre a trajetória da intelectual e professora negra Áurea Gregorina Bicalho (1884-1967), nascida em Juiz de Fora, Minas Gerais, cidade onde viveu e atuou profissionalmente. O intento é esmiuçar a história de vida (ou parte dela) de uma mulher que enfrentou – e superou – vários obstáculos de seu tempo. Especificamente, a ideia é compreender, através de abordagens biográficas, como educação, cidadania e raça, fizeram parte da sua trajetória e, ao mesmo tempo, foram questões abordadas por ela em sua atuação pública como intelectual e professora. Para tal, a investigação se concentrou na análise da imprensa local como meio de reconstruir a trajetória da professora Áurea.

Biografia do Autor

Jonatas Roque Ribeiro, Universidade Estadual de Campinas

Doutorado em andamento em História pela Universidade Estadual de Campinas, Mestrado em História pela Universidade Estadual de Campinas (2016) e Graduação em História pela Universidade do Vale do Sapucaí (2013). Desenvolve pesquisas nas áreas de história social, história do Brasil, pós-abolição, associativismo negro, história do trabalho, clubes sociais negros em Minas Gerais.

Publicado
2019-09-30