O uso do e-board no ensino de inglês como L2/FL

Autores

  • Adriana Riess Karnal Universidade do Vale do Rio dos Sinos-UNISINOS

DOI:

https://doi.org/10.17851/1983-3652.6.2.56-65

Palavras-chave:

Ensino e tecnologia. E-board. SLA/EFL.

Resumo

Este artigo tem o objetivo de analisar o uso de novas tecnologias digitais no ensino de segunda língua ou línguas estrangeiras. Especificamente, centra-se no eixo temático ensino de língua inglesa mediado por e-board. Descrevem-se os diferentes paradigmas que regeram o ensino de línguas até a discussão de um paradigma mais interativo (LARSEN-FREEMAN, 1991; SWAIN, 2000). Por um lado, o ensino de línguas está atrelado ao livro didático; por outro lado, sob o paradigma sociocultural (LEVY, 1997; HALL, 2002). Discute-se como a interação entre os sujeitos pode contribuir para a aquisição de línguas no ambiente digital. Além disso, discute-se o ensino por meio de projetos de aprendizagem. Relata-se, por fim, a práxis do projeto realizado na escola Cultura Inglesa, e como a inserção da tecnologia do e-board exige novas demandas não apenas sociais, mas também cognitivas, tanto dos alunos quanto dos professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana Riess Karnal, Universidade do Vale do Rio dos Sinos-UNISINOS

Especialista em ensino de língua inglesa pela FAPA RS. Metre em Linguistica Aplicada pela UNISINOS- RS e Doutoranda em Linguistica pela PUC-RS. Professora de ingles da UNISINOS_RS.

Referências

BEHAR, Patricia. Projeto ROODA: a construção de um ambiente para EAD baseado em Software Livre. Cadernos de Informática. Porto Alegre. v. 2, n. 1, p. 107-111. 2002.

FAGUNDES, Léa da Cruz. Educação a distância (EAD) e as novas tecnologias. Revista de Tecnologia Educacional. Rio de Janeiro. v. 25, n. 132/133. p. 20-23 1996.

FREIRE, P. Educação e mudança. Paz e Terra, 1979.

HALL, K. J. Methods for teaching foreign languages: Creating a community of learners in the classroom. Ed. Prentice-Hall. 2002.

KARNAL, R. A. An analysis of implicit knowledge to second language acquisition/SLA. In: BELTBrazilian English Language Teaching. Porto Alegre, RS: EdiPuc. v. 3. n. 2. p. 161-175. julho/dezembro. 2012. Disponível em: Acesso em 13 nov. 2013.

LARSEN-FREEMAN, D.; LONG, M. An introduction to second language Acquisition research. Longman: London, 1991.

LEVY, M. CALL: Computer Assisted Language Learner. NY: Earlbaum, 1997.

LISTER, R.; RANTA, L. Corrective feedback and learners uptake: Negotiation on form in communicative classrooms. In: Studies in Second Language acquisition. v. 19. Cambridge University Press, 1997. p. 37-66.

MATURANA, H. Uma nova concepção de aprendizagem. Dois pontos. Belo Horizonte. v. 2, n. 15, p. 28-35, 1993.

PAPERT, Seymour M. A Máquina das Crianças: Repensando a escola na era da informática. Nova tradução, prefácio e notas de Paulo Gileno Cysneiros. Porto Alegre, RS: Editora Artmed, 2008.

POLÔNIA, E. Parâmetros para Procedimentos Pedagógicos na Aprendizagem de Inglês como Língua Estrangeira em uma Rede Telemática. 2003. 219 p. Tese (Doutorado em Informática na Educação). Curso de Pós-Graduação em Informática na Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2003.

PRIMO, A. O aspecto relacional das interações na Web 2.0. Anais do XXIX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. UNB. Brasília. p. 1-15. 2006.

SWAIN, M. The output hypothesis and beyond: Mediating acquisition through colaborative dialogue. In: LANTOLF, James (Ed.). Sociocultural Theory and second language learning. Oxford University Press. 2000. p. 97-114.

TIJIBOY, Ana Vilma; MAÇADA, Debora Laurindo; SANTAROSA, Lucila Maria Costi; FAGUNDES, Léa da Cruz. Aprendizagem cooperativa em ambientes telemáticos. Informática na Educação: teoria & prática, v. 1, n. 2, p. 19-28. 1998. Disponível em: . Acesso em 13 nov. 2013.

Downloads

Publicado

09-10-2013

Como Citar

KARNAL, A. R. O uso do e-board no ensino de inglês como L2/FL. Texto Livre, Belo Horizonte-MG, v. 6, n. 2, p. 56–65, 2013. DOI: 10.17851/1983-3652.6.2.56-65. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/textolivre/article/view/16643. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Educação e Tecnologia