Leitura religiosa e novas tecnologias: um estudo sobre o uso de versões digitais da Bíblia, do Alcorão, do livro de Mórmon e da Torá

Autores

  • Pollyanna de Mattos Moura Vecchio

DOI:

https://doi.org/10.17851/1983-3652.6.2.125-140

Palavras-chave:

Novas Tecnologias. Protocolos de Leitura. Bíblia. Alcorão. Livro de Mórmon. Torá.

Resumo

O objetivo de pesquisa neste estudo é investigar o que acontece com os protocolos de leitura e com a reverência ao suporte material (hábitos comuns na leitura religiosa) diante de versões digitais de obras consideradas sagradas. Para tanto, pesquisou-se a utilização de versões digitais das seguintes obras: a Bíblia Sagrada (versão protestante), o Alcorão, o Livro de Mórmon e a Torá. Foram realizadas entrevistas com quatro leitores/usuários de versões digitais dessas escrituras, sendo um representante para cada um dos livros pesquisados. As entrevistas demonstram que, para o leitor da Bíblia e para o leitor do Livro de Mórmon, não há um caráter sagrado relacionado ao suporte que contém a obra. Entretanto, o primeiro argumenta que há práticas que são mais eficientes se forem feitas no papel, e ambos demonstram preocupações ligadas ao futuro do livro, especialmente sobre a relação que as novas gerações terão com as tecnologias impressas. O leitor do Alcorão enfatiza que a versão considerada sagrada é apenas a impressa e em árabe, mas ele manifesta grande aceitação pelas versões digitais, argumentando que possibilitam, entre outras coisas, maior disseminação da religião. O leitor da Torá aceita e usa versões digitais, no entanto estabelece uma hierarquia, afirmando que o livro impresso será sempre superior à versão digital, a qual servirá tão somente como uma ferramenta adicional à leitura do texto impresso, não como um substituto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pollyanna de Mattos Moura Vecchio

É aluna regular do Programa de Mestrado em Estudos de Linguagens do CEFET-MG. Possui título de especialista em Revisão de Textos pelo IEC/ PUC MInas (2012) e licenciatura dupla em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais (2006). Concluiu dois semestres de extensão em Língua Inglesa pelo Oakton Community College em Chicago/EUA (2008). É servidora pública federal; atua no cargo de Secretária Executiva Bilingue do Departamento de Linguagem e Tecnologia do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG). Trabalha também como revisora e tradutora freelancer de textos acadêmicos, jornalísticos, institucionais e publicitários.

Referências

AZEVEDO, Antonio Carlos do Amaral; GEIGER, Paulo. Dicionário histórico das religiões. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2002, p. 297-300.

CHARTIER, Roger. Do códice ao monitor: a trajetória do escrito. Estudos Avançados. [on-line]. 1994, vol. 8, n. 21, p. 185-199.

CHARTIER, Roger. Comunicação pessoal. Curso de Altos Estudos Fronteiras do Pensamento. Porto Alegre, 22 de maio de 2007.

ECO, Umberto; CARRIÈRE, Jean-Claude. Não contem com o fim do livro. Tradução de André Telles. São Paulo: Record, 2010.

ELIADE, Mircea e COULIANO, Ioan P. Dicionário das religiões. São Paulo, Martins Fontes, 1995.

FISCHER, Steven R. A História da Leitura. Tradução de Cláudia Freire. São Paulo: Editora UNESP, 2006.

HINNELLS, John R (Org.). Dicionário das religiões. São Paulo: Editora Cultrix, 1989.

KÖNIG, Franz; WALDENFELS, Hans (orgs.). Léxico das religiões. Petrópolis: Editora Vozes, 1998.

LÉVY, Pierre. As Tecnologias da Inteligência. Tradução de Carlos Irineu da Costa. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1993.

RIBEIRO, Ana Elisa F. Novas tecnologias para ler e escrever. Belo Horizonte: RHJ, 2012.

SANTAELLA, Lucia. Navegar no Ciberespaço: o perfil cognitivo do leitor imersivo. São Paulo: Paulus, 2004.

SANTIDRIÁN, Pedro R. Dicionário básico das religiões. São Paulo: Santuário, 1996.

SOARES, Magda. Novas práticas de leitura e escrita: letramento na cibercultura. Revista Educação e Sociedade. Campinas, vol. 23, n. 81, p. 143-160, dez 2002.

VILLAÇA, Nizia M. S. Impresso ou eletrônico? - um trajeto de leitura. Rio de Janeiro: Mauad, 2002.

WOLTON, Dominique. Internet, e depois? Uma teoria crítica das novas mídias. Porto Alegre: Sulina, 2003.

Downloads

Publicado

2013-10-11

Como Citar

VECCHIO, P. de M. M. Leitura religiosa e novas tecnologias: um estudo sobre o uso de versões digitais da Bíblia, do Alcorão, do livro de Mórmon e da Torá. Texto Livre, Belo Horizonte-MG, v. 6, n. 2, p. 125–140, 2013. DOI: 10.17851/1983-3652.6.2.125-140. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/textolivre/article/view/16648. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Linguística e Tecnologia