Relação entre lesões em mucosa oral de idosos e exclusão socioespacial urbana em Piracicaba, SP: uma nova abordagem diagnóstica complementar em saúde bucal coletiva

  • Andréa Moscardini da Costa Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
  • Emílio Prado da Fonseca Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
  • Dirce Aparecida Valério da Fonseca Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
  • Marcos Cesar Ferreira Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
  • Maria da Luz Rosário de Sousa Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Resumo

Objetivo: analisar o padrão de distribuição espacial dos casos de lesões de mucosa oral (LMO) segundo a exclusão socioespacial em idosos residentes na área urbana de Piracicaba, SP. Métodos: amostra não probabilística por conveniência de 1.848 idosos avaliados em 30 bairros de Piracicaba, SP. A metodologia empregada nesta pesquisa baseia-se em estudo ecológico de análise espacial de casos de LMO avaliados durante a campanha de prevenção e diagnóstico precoce do câncer bucal realizada em 2012. A exclusão social
foi medida por meio do Índice de Exclusão Social (IEX); foram analisadas a taxa média de prevalência anual e a intensidade e significância dos aglomerados segundo a exclusão socioespacial, utilizando-se o Índice Global
de Moran e o Índice LISAMap. Resultados: a prevalência de LMO em idosos piracicabanos foi de 8,00% e a taxa de LMO média anual atingiu 1,20 casos/bairro, sendo que, os bairros Jardim Planalto (5,00) e Jardim
São Francisco (9,00) registraram as maiores taxas; o Índice Global de Moran foi de -0,238, o que sugere a existência de correlação espacial inversa; houve formação de agrupamentos em bairros localizados nas regiões Central, Leste e Oeste. Conclusão: na área urbana de Piracicaba foi observada relação entre o padrão socioespacial da população e a prevalência de LMO no ano de 2012, com formação de agrupamentos onde devem ser priorizados esforços de políticas públicas de saúde bucal para idosos.
Descritores: Assistência odontológica para idosos. Análise espacia

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andréa Moscardini da Costa, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Doutora, Departamento de Gerontologia, Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Piracicaba, São Paulo, Brasil.
Emílio Prado da Fonseca, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Mestre, Departamento de Odontologia Social, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Piracicaba, São Paulo, Brasil.
Dirce Aparecida Valério da Fonseca, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Mestre, Departamento de Odontologia Social, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Piracicaba, São Paulo, Brasil.
Marcos Cesar Ferreira, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Doutor, Departamento de Geografia, Instituto de Geociências, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Piracicaba, São Paulo, Brasil.
Maria da Luz Rosário de Sousa, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Professora Titular, Departamento de Odontologia Social, Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Piracicaba, São Paulo, Brasil.

Referências

Hendricks J, Hatch LR. Lifestyle and aging. In: Binstock RH, George LK. Handbook of Aging and the Social Sciences. Boston: Academic Press;

p. 301-19.

Organização Panamericana de Saúde/Organização Mundial da Saúde. Classificação Internacional de funcionalidade, incapacidade e saúde. São Paulo: Editora Edusp; 2011.

Riley M, Kahn RI, Foner A. Age and structural lag. Society¹s failure to provide meaningful opportunities in work, family and leisure. New

York: Wiley; 1994.

Widener MJ, Metcalf SS, Northridge ME, Chakraborty E, Marshall SM, Lamster IB. Exploring the role of peer density in the selfreported

oral health outcomes of older adults: a kernel density based approach. Health place. 2012 Jul;18(4):782–8.

Metcalf SS, Northridge ME, Widener MJ, Chakraborty B, Marshall SE, Lamster IB. Modeling social dimensions of oral health among

older adults in urban environments. Health Educ Behav. 2013 Oct;40(1):63S-73S.

Kossioni, A.E. Current status and trends in oral health in community dwelling older adults: A global perspective. Oral Health Prev Dent. 2013;

:331–40.

Rihs LB, Costa AM, Tôrres LHN, Neri AL, Guariento ME, Cintra FA, et al. Oral health of elderly with different frailty levels from the city

of Campinas, Brazil. Rev Ciênc Méd. 2013 Sep; 22(3):157-65.

Instituto de Pesquisa e Planejamento de Piracicaba. Mapa de exclusão/inclusão social de Piracicaba. [acesso em 2012 nov 20]. Disponível em: http://www.ipplap.com.br/

Costa AM, Torres LHN, Fonseca DAV, Wada RS, Sousa ML. Campanha de Prevenção e diagnóstico precoce do câncer de boca: perfil

dos idosos participantes. Rev Bras Odontol. 2013;70(2):130-5.

Costa AM, Fonseca EP, Fonseca DAV, Sousa MLR. Distribuição espacial da xerostomia e índice de exclusão social em idosos de Piracicaba, SP. Arq odontol. 2015;51(1):39-46.

World Health Organization. Guide to epidemiology and diagnosis of oral mucosal diseases and conditions. Community Dent Oral

Epidemiol. 1980;8(1):1-26.

Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. Cadernos de Atenção Básica, n. 17. Brasília:

Ministério da Saúde. 2006. p. 92. (Série A. Normas e Manuais Técnicos)

Organização Mundial da Saúde. Levantamentos básicos em saúde bucal. 4. ed. São Paulo: Santos; 1999.

Terraview Política Social. Centro de Estudos da Metrópole. São Paulo, SP.

Triantos D. Intra-oral findings and general health conditions among institutionalized and noninstitutionalized elderly in Greece. J Oral Pathol

Med. 2005;34:577-82.

Coelho CMP, Sousa YTCS, Dare AMZ. Denture related oral mucosal lesions in a Brazilian school of dentistry. J Oral Rehabil. 2004;31:135–9.

Costa AM, Tôrres LHN, Fonseca DAV, Wada RS, Sousa MLR. Oral mucosal lesions and the need for dentures in a brazilian elderly population. ROBRAC. 2014; 23 (67): 191-5.

Mendes DC, Poswar FO, Oliveira MVM, Haikal DS, Silveira MF, Martins AMEBL, et al. Analysis of socio-demographic and systemic health factors

and the normative conditions of oral health care in a population of the Brazilian elderly. Gerodontology. 2012; 29: e206–14.

Dundar N, Ilhan Kal B. Oral mucosal conditions and risk factors among elderly in a Turkish school of dentistry. Gerontology. 2007;53(3):165-72.

Fonseca DAV, Mialhe FL, Ambrosano GMB, Pereira AC, Meneghin MC. Influência da organização da atenção básica e das características

sociodemográficas da população na demanda pelo pronto atendimento odontológico municipal. Cienc Saúde Coletiva. 2014;19(1):269-77.

Silva DD, Held RB, Sousa MLR, Neri AL, Antunes JLF. Autopercepção da saúde bucal em idosos e fatores associados em Campinas, SP,

-2009. Rev Saúde Pública. 2011;45(6):1145- 53.

Martin LG, Schoeni RF, Freedman VA, Andreski P. Feeling better? Trends in general health status. J Gerontol Ser B, Psychol Sci Soc Sci. 2007; 62(1):S11-21.

Blazer DG. How do you feel about...? Health outcomes in late life and self-perceptions of health and well-being. Gerontologist. 2008; 48(4):415-22.

Melo ALSF, Erdmann AL, Caetano JC. Saúde bucal do idoso: por uma política inclusiva. Texto & Contexto Enferm. 2008 Out;17(4):696-704.

Moskona D, Kaplan L, Leibovich P, Notzer N, Begleiter A. A three-year programme in oral diagnosis and treatment planning. A model using

an interdisciplinary teaching team. Eur J Dent Educ. 1999. 3(1):27-30.

Medeiros JJ, Rodrigues LV, Azevedo AC, Lima Neto EA, Machado LS, Valença AMG. Edentulismo, uso e necessidade de prótese e fatores associados em município do nordeste brasileiro. Pesqui Bras Odontopediatria Clin Integr, 2012;12(4):573-8.

Castellanos JL, Diaz-Guzman L. Lesions of the oral mucosa: an epidemiological study of 23785 Mexican patients. Oral Surg Oral Med Oral Pathol Oral Radiol Endod. 2008; 105: 79–85.

Baran I, Nalcacı R. Self reported denture hygiene habits and oral tissue conditions of complete denture wearers. Arch Gerontol Geriatr. 2009; 49: 237–41.

Webb BC, Thomas CJ, Willcox MD, Harty DW, Knox KW. Candida-associated denture stomatitis. Aetiology and management: a review. Part 2. Oral diseases caused by Candida species. Aust Dent J.

; 43: 160–6.

Barbosa IR, Pereira LMS, Medeiros PFM, Valentem RS, Brito JM, Costa ICC. Análise da distribuição espacial da tuberculose na região

Nordeste do Brasil, 2005-2010. Epidemiol Serv Saúde. 2013;22(4):687-95.

Programa das Nações Unidas para o desenvolvimento. Desenvolvimento humano e IDH. [acesso em 20 jul 2014].

Disponível em: http://www.pnud.org. br/IDH/DesenvolvimentoHumano.

aspx?indiceAccordion=0&li=li_DH

Munro CL, Grap MJ, Jablonski R, Boyle A. Oral health mesurement in nursing research: state of the science. Biol Res Nurs. 2006 jul;8(1):35-42.

Ship JA, Pillemer SR, Baum BJ. Xerostomia and the geriatric patient. J Am Geriatric Soc. 2002;50(3):535-43. apud Cabrera MAS, Mesas

AE, Rossato LA, Andrade SM. Fluxo salivar e uso de drogas psicoativas em idosos. Rev Assoc Med Bras. 2007; 53(2): 178-81.

Tôrres LHN, Sousa MLR. Edentulismo e autopercepção de saúde bucal em idosos. Rev ABO Nac. 2013;6:129-31.
Publicado
2016-06-30
Como Citar
Costa, A. M. da, Fonseca, E. P. da, Fonseca, D. A. V. da, Ferreira, M. C., & Sousa, M. da L. R. de. (2016). Relação entre lesões em mucosa oral de idosos e exclusão socioespacial urbana em Piracicaba, SP: uma nova abordagem diagnóstica complementar em saúde bucal coletiva. Arquivos Em Odontologia, 52(2). Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/arquivosemodontologia/article/view/3704
Seção
Artigos