Inovação no curso de Enfermagem da UFMG

relatos da implantação de uma disciplina a distância

Autores

  • Durcelina Ereni Pimenta Arruda Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil.
  • Márcia dos Santos Pereira Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil. http://orcid.org/0000-0001-9961-8625

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2018.2330

Palavras-chave:

Ensino a distância, Ética, Bioética, Enfermagem

Resumo

A busca por conhecimentos na produção de materiais didáticos para a modalidade de educação a distância e habilidades na utilização de ambientes virtuais de aprendizagem motivou o ingresso no Laboratório de Criação de Material Didático para EaD, do Centro de Apoio ao Ensino a Distância da Universidade Federal de Minas Gerais. Este artigo tem como objetivo apresentar algumas reflexões a respeito dos desafios postos ao docente do ensino superior na elaboração de propostas de materiais na modalidade a distância. Em específico, analisa uma proposta de disciplina a distância Ética e Bioética na Enfermagem, elaborada para o curso de Enfermagem, que contou com um processo de reconfiguração teórica e metodológica para ser ofertada nessa modalidade. Como esse tipo de ensino exige adequação da linguagem e inserção planejada de atividades e recursos complementares, experimentou-se uma nova forma de redação, comunicação e troca de conhecimentos com os estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Durcelina Ereni Pimenta Arruda, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil.

Doutora e mestra em Educação, especialista em Planejamento, Implementação e Gestão em Educação a Distância na perspectiva do design educacional, especialista em Docência no Ensino Superior, licenciada em Pedagogia, bacharel em Turismo. Professora do mestrado profissional em Educação na linha Educação Tecnológica na Faculdade de Educação da UFMG. Pesquisadora e desenvolvedora de atividades de designer educacional e professora formadora do CAED/UFMG e da Organização das Nações Unidas para a Educação/Fundação Joaquim Nabuco (UNESCO/FUNDAJ).

Márcia dos Santos Pereira, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil.

Enfermeira, doutora em Ciências da Saúde: Infectologia e Medicina Tropical pela Faculdade de Medicina da UFMG. Mestra em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da UFMG. Especialista em Sistematização da Assistência de Enfermagem pela Escola de Enfermagem da UFMG, especialista em Metodologia de Ensino e em Gestão de Pessoas pela UFMG e especialista em Bioética com ênfase em Ética Aplicada às Pesquisas em Seres Humanos e em Gestão de Redes de Atenção à Saúde pela Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz (ENSP/FIOCRUZ). Professora adjunta do Departamento de Enfermagem Aplicada da UFMG.

Downloads

Publicado

2018-07-11

Como Citar

ARRUDA, D. E. P.; PEREIRA, M. dos S. Inovação no curso de Enfermagem da UFMG: relatos da implantação de uma disciplina a distância. Revista Docência do Ensino Superior, Belo Horizonte, v. 8, n. 1, p. 125–150, 2018. DOI: 10.35699/2237-5864.2018.2330. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/article/view/2330. Acesso em: 18 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)