Contribuições de uma disciplina na promoção da autorregulação da aprendizagem de universitários egressos da rede pública

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2022.39772

Palavras-chave:

aprendizagem, ensino superior, sucesso acadêmico, mediação da aprendizagem

Resumo

Autorregulação da aprendizagem é uma estratégia importante para a aprendizagem e o sucesso acadêmico. Este artigo descreve as decisões e mediações pedagógicas de uma disciplina que visa sua promoção e analisa suas contribuições para universitários oriundos da rede pública de ensino básico. A disciplina presencial, que conta com 15 encontros ao longo de um semestre, aborda o processo de autorregulação. É estruturada na aprendizagem colaborativa e utiliza narrativas, atividades reflexivas e de aplicação prática, com feedback personalizado. A análise do impacto da disciplina deu-se pelo acompanhamento de 192 estudantes, que voluntariamente responderam aos instrumentos de autorrelato no início e na conclusão do curso. Os universitários descreveram ampliação no conhecimento e no uso das estratégias de autorregulação após cursarem a disciplina. Impactos estatisticamente significantes foram constatados em estudantes que iniciavam o curso com níveis mais baixos de autorregulação. Discute-se o papel das mediações pedagógicas que facilitam a promoção da autorregulação da aprendizagem no ensino superior.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Alves Fior, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, SP, Brasil.

Docente do Departamento de Psicologia Educacional da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Graduada em Psicologia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), mestra e doutora em Educação pela UNICAMP. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas Psicologia e Educação Superior (PES) da UNICAMP.

Marilda Aparecida Dantas Graciola, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, SP, Brasil.

Psicóloga do setor de Orientação Educacional do Serviço de Apoio ao Estudante (SAE) da UNICAMP. Mestra em Psicologia pela Universidade São Francisco (USF) e doutora em Educação pela UNICAMP. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas Psicologia e Educação Superior (PES) da UNICAMP.

Adriane Martins Soares Pelissoni, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, SP, Brasil.

Doutora em Psicologia Educacional e mestra na área de Ensino, Avaliação e Formação de Professores e Pedagoga pela Faculdade de Educação da UNICAMP. Supervisora acadêmica e orientadora educacional do Serviço de Apoio ao Estudante (SAE) e membro do Grupo de Estudos e Pesquisas Psicologia e Educação Superior (PES) da UNICAMP.

Soely Aparecida Jorge Polydoro, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, SP, Brasil.

Docente do Departamento de Psicologia Educacional da Faculdade de Educação UNICAMP. Graduada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCC), mestra em Psicologia Escolar pela PUCC e doutora em Educação pela UNICAMP. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas Psicologia e Educação Superior (PES) da UNICAMP.

Referências

AMBIEL, Rodolfo Augusto Matteo; BARROS, Leonardo de Oliveira. Relações entre evasão, satisfação com escolha profissional, renda e adaptação de universitários. Psicologia: Teoria e Prática, São Paulo, v. 20, n. 2, p. 254-267, maio/ago. 2018. DOI: https://doi.org/10.5935/1980-6906/psicologia.v20n2p254-267. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/ptp/v20n2/v20n2a10.pdf. Acesso em: 1 out. 2022.

BANDURA, Albert. Self-efficacy: the exercise of control. New York: Freeman and Company, 1997.

BIGGS, John. What the student does: teaching for enhanced learning. Higher Education Research & Development, v. 31, n. 1, p. 39-55, 2012. DOI: https://doi.org/10.1080/0729436990180105. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/0729436990180105. Acesso em: 2 fev. 2023.

BORUCHOVITCH, Evely. Autorregulação da aprendizagem: Contribuições da psicologia educacional para a formação de professores. Psicologia Escolar e Educacional, São Paulo, v. 18, n. 3, p. 401-409, set./dez. 2014. DOI: https://doi.org/10.1590/2175-3539/2014/018375. Disponível em: https://www.scielo.br/j/pee/a/HYqxtDHyj84FGcJKzHCCMSQ/abstract/?lang=pt. Acesso em: 1 out. 2022.

CASANOVA, Joana R.; BERNARDO, Ana Belén.; ALMEIDA, Leandro da Silva. Dificuldades na adaptação académica e intenção de abandono de estudantes do primeiro ano do Ensino Superior. Revista de Estudios e Investigación en Psicología y Educación, v. 8, n. 2, p. 211-228, 2021. DOI: https://doi.org/10.17979/reipe.2021.8.2.8705. Disponível em: https://repositorium.sdum.uminho.pt/handle/1822/74904. Acesso em: 2 fev. 2023.

COHEN, Jacob. Statistical power analysis for the behavioral sciences. New York: Routledge Academic, 1988.

DANTAS, Marilda Aparecida et al. Intervenção em Autorregulação da Aprendizagem no ensino superior: proposição e desdobramento. In: POLYDORO, Soely Aparecida Jorge Polydoro (org.). Promoção da Autorregulação da Aprendizagem: contribuições da Teoria Social Cognitiva. Porto Alegre: Editora Letra1, 2017. p. 77-87.

DIAS, Ana Cristina Garcia et al. Dificuldades percebidas na transição para a universidade. Revista Brasileira de Orientação Profissional, Florianópolis, v. 20, n. 1, p. 19-30, jan./jun. 2019. DOI: https://doi.org/10.26707/1984-7270/2019v20n1p19. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-33902019000100003. Acesso em: 1 out. 2022.

DIAS, Carlos Eduardo Sampaio Burgos et al. Os serviços de apoio pedagógico aos discentes no ensino superior brasileiro. São Carlos: Pedro & João Editores, 2020. Disponível em: https://pedroejoaoeditores.com.br/2022/wp-content/uploads/2022/01/ebookapoio-pedagocc81gico-2-1.pdf. Acesso em: 1 out. 2022.

FIOR, Camila Alves. Adaptação ao ensino superior e autoeficácia em universitários medalhistas em Olimpíadas Científicas: um estudo correlacional. Revista de Estudios e Investigación en Psicología y Educación, v. 9, p. 284-301, 2022. DOI: https://doi.org/10.17979/reipe.2022.9.0.8904. Disponível em: https://revistas.udc.es/index.php/reipe/article/view/reipe.2022.9.0.8904. Acesso em: 2 fev. 2023.

GANDA, Daniela Ribeiro; BORUCHOVITCH, Evely. A autorregulação da aprendizagem: principais conceitos e modelos teóricos. Revista Psicologia da Educação, v. 1, n. 46, p. 71-80, 2018. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/psicoeduca/article/view/39147. Acesso em: 1 out. 2022.

HATTIE, John; TIMPERLEY, Helen. The power of feedback. Review of Educational Research, v. 77, n. 1, p. 81-112, 2007. DOI: https://doi.org/10.3102/003465430298487. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/10.3102/003465430298487. Acesso em: 2 fev. 2023.

HERINGER, Rosana. Democratização da educação superior no Brasil: das metas de inclusão ao sucesso acadêmico. Revista Brasileira de Orientação Profissional, v. 19, n. 1, p. 7-17, 2018. DOI: https://doi.org/1026707/1984-7270/2019v19n1p7. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/rbop/v19n1/03.pdf. Acesso em: 1 out. 2022.

LEITE, Sérgio Antônio da Silva. Afetividade nas práticas pedagógicas. Temas em Psicologia, v. 20, n. 2, p. 355-368, 2012. DOI: https://doi.org/10.9788/TP2012.2-06. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/tp/v20n2/v20n2a06.pdf. Acesso em: 1 out. 2022.

LIPNEVICH, Anastasiya A.; PANADERO, Ernesto. A review of feedback models and theories: descriptions, definitions, and conclusions. Frontiers in Education, v. 6, 2021. DOI: https://doi.org/10.3389/feduc.2021.72019. Disponível em: https://www.frontiersin.org/articles/10.3389/feduc.2021.720195/full. Acesso em: 1 out. 2022.

MACIEL, Aline Guilherme; ALLIPRANDINI, Paula Mariza Zedu. Autorregulação da aprendizagem: panorama nacional dos estudos de intervenção no ensino superior. Revista Cocar, v. 12, n. 23, p. 145-167, jun./jul. 2018. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/1722. Acesso em: 1 out. 2022.

NICOL, David. The power of internal feedback: exploiting natural comparison processes, Assessment & Evaluation in Higher Education, v. 46, n. 5, p. 756-778, 2021. DOI: https://doi.org/10.1080/02602938.2020.1823314. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/02602938.2020.1823314. Acesso em: 2 fev. 2023.

PANADERO, Ernesto. A review of self-regulated learning: six models and four directions for research. Frontiers in Psychology, v. 8, p. 1-28, 2017. DOI: https://doi.org/10.3389/fpsyg.2017.00422. Disponível em: https://www.frontiersin.org/articles/10.3389/fpsyg.2017.00422/full. Acesso em: 1 out. 2022.

PENA, Mariza Aparecida Costa; MATOS, Daniel Abud Seabra; COUTRIM, Rosa Maria da Exaltação. Percurso de estudantes cotistas: ingresso, permanência e oportunidades no ensino superior. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Sorocaba, v. 25, n. 1, p. 27-51, 2020. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/avaliacao/article/view/3916. Acesso em: 1 out. 2022.

PELISSONI, Adriane Martins Soares; POLYDORO, Soely Aparecida Jorge. Programas de promoção da autorregulação da aprendizagem. In: POLYDORO, Soely Aparecida Jorge (org.). Promoção da autorregulação da aprendizagem: contribuições da Teoria Social Cognitiva. Porto Alegre: Editora Letra1, 2017. p. 33-44.

PELISSONI, Adriane Martins Soares et al. Serviço de apoio ao estudante: contribuições para a permanência acadêmica e aprendizagem. In: DIAS, Carlos Eduardo Sampaio Burgos et al. (org.). Serviço de apoio ao estudante: contribuições para a permanência acadêmica e aprendizagem. São Carlos: Pedro & João Editores, 2020. p. 283-318.

POLYDORO, Soely Aparecida Jorge et al. Promoção da autorregulação da aprendizagem na universidade: percepção do impacto de uma disciplina eletiva. Revista de Educação PUC-Campinas, v. 20, n. 3, set./dez. 2015. DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0870v20n3a2877. Disponível em: http://educa.fcc.org.br/pdf/edpuc/v20n3/2318-0810-edpuc-20-3-00201.pdf. Acesso em: 1 out. 2022.

POLYDORO, Soely Aparecida Jorge et al. Autorregulação da aprendizagem: adaptação e evidências de validade de instrumentos para universitários brasileiros. Educação em Análise, v. 4, n. 1, jan./jul. 2019. DOI: https://doi.org/10.5433/1984-7939.2019v4n1p21. Disponível em: https://www.readcube.com/articles/10.5433%2F1984-7939.2019v4n1p21. Acesso em: 2 fev. 2023.

ROSÁRIO, Pedro; NÚNEZ, José Carlos; GONZÁLEZ-PIENDA, Julio. Cartas do Gervásio ao seu umbigo: comprometer-se com o estudar na educação superior. 2. ed. São Paulo: Editora Almedina, 2017.

ROSÁRIO, Pedro et al. Eficacia de un programa instruccional para la mejora de procesos y estrategias de aprendizaje en la enseñanza superior. Psicothema, Oviedo, v. 19, n. 3, p. 422-427, 2007. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/727/72719310.pdf. Acesso em: 1 out. 2022.

ROSÁRIO, Pedro et al. Transcultural analysis of the effectiveness of a program to promote self-regulated learning in Mozambique, Chile, Portugal and Spain. Higher Educaction Research & Development, v. 4, p. 1-15, 2015. DOI: https://doi.org/10.1080/07294360.2014.935932. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/07294360.2014.935932. Acesso em: 2 fev. 2023.

ROSÁRIO, Pedro et al. Improving college students’ critical thinking through the use of a story tool for self-regulated learning training. In: MANALO, Emmanuel (ed.). Deeper learning, dialogic learning, and critical thinking: research-based strategies for the classroom. New York: Routledge, 2020. p. 193-208.

SALGADO, Fernanda Andrade de Freitas; POLYDORO, Soely Aparecida Jorge; ROSÁRIO, Pedro. Programa de promoção da autorregulação da aprendizagem de ingressantes da educação superior. Psico-USF, Bragança Paulista, v. 23, n. 4, p. 667-679, out./dez. 2018. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-82712018230407. Disponível em: https://www.scielo.br/j/pusf/a/DHwxgRJ6GBmtP4jz5nXzSwS/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 1 out. 2022.

SILVA, Guilherme Henrique Gomes. Ações afirmativas no ensino superior brasileiro: Caminhos para a permanência e o progresso acadêmico de estudantes da área de Ciências Exatas. Educação em Revista, v. 35, p. 1-29, 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-4698170841. Disponível em: https://www.scielo.br/j/edur/a/JJds6YhTYpWn68F3XY3ccVS/?format=pdf&lang=pt Acesso em: 1 out. 2022.

SILVA, Hellen Cristina Xavier da; OLIVEIRA, Maísa Aparecida de; FERNANDES, Maria Cristina da Silveira Galan. Adaptação à universidade: dificuldades e estratégias de permanência de estudantes oriundos de escolas públicas. In: SOUSA, José Vieira de; BOTELHO, Arlete de Freitas; GRIBOSKI, Cláudia Maffini (org.). Acesso e permanência na expansão da educação superior. Anápolis/GO: UEG, 2018. p.192-204.

VARGAS, Hustana; HERINGER, Rosana. Políticas de permanência no ensino superior público. Archivos Analíticos de Políticas Educativas, v. 25, n. 72, p. 1-33, 2017. DOI: https://doi.org/10.14507/epaa.25.2799. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/2750/275050047114.pdf. Acesso em: 1 out. 2022.

ZIMMERMAN, Barry J. A social cognitive view of self-regulated academic learning. Journal of Educational Psychology, v. 81, n. 3, p. 329-339, 1989.

ZIMMERMAN, Barry J. Motivational sources and outcomes of self-regulated learning and performance. In: ZIMMERMAN, B. J.; SCHUNK, D. H. (ed.). Handbook of self-regulation of learning and performance. New York: Routledge, 2011. p. 49-64.

ZIMMERMAN, Barry J. Self-regulated learning: theories, measures, and outcomes. In: WRIGHT, J. D. (ed.). International Encyclopedia of the Social & Behavioral Sciences. 2. ed. [s. l.]: Elsevier, 2015. p. 541-546. DOI: https://doi.org/10.1016/B978-0-08-097086-8.26060-1.

Publicado

30-12-2022

Como Citar

FIOR, C. A.; GRACIOLA, M. A. D.; PELISSONI, A. M. S.; POLYDORO, S. A. J. Contribuições de uma disciplina na promoção da autorregulação da aprendizagem de universitários egressos da rede pública. Revista Docência do Ensino Superior, Belo Horizonte, v. 12, p. 1–21, 2022. DOI: 10.35699/2237-5864.2022.39772. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rdes/article/view/39772. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Seção especial: universidade e inclusão