Estabelecimento de metas no planejamento da aposentadoria: reflexão à luz de imogene king

Autores

  • Paloma de Souza Cavalcante Pissinati Universidade Estadual de Maringá, Maringá PR , Brasil, Universidade Estadual de Maringá - UEM, Enfermagem. Maringá, PR - Brasil http://orcid.org/0000-0001-9050-4330
  • Eleine Aparecida Penha Martins Universidade Estadual de Londrina, Londrina PR , Brasil, Universidade Estadual de Londrina - UEL, Enfermagem. Londrina, PR - Brasil http://orcid.org/0000-0001-6649-9340
  • Raquel Gvozd Costa Universidade Estadual de Londrina, Londrina PR , Brasil, Universidade Estadual de Londrina - UEL, Enfermagem. Londrina, PR - Brasil http://orcid.org/0000-0002-5816-8215
  • Maria do Carmo Fernandez Lourenço Haddad Universidade Estadual de Londrina, Londrina PR , Brasil, Universidade Estadual de Londrina - UEL, Enfermagem. Londrina, PR - Brasil http://orcid.org/0000-0001-7564-8563

DOI:

https://doi.org/10.35699/2316-9389.2020.49990

Palavras-chave:

Teoria de Enfermagem, Aposentadoria, Saúde do Trabalhador, Enfermagem do Trabalho

Resumo

Objetivo: refletir sobre o estabelecimento de metas no planejamento da aposentadoria à luz da teoria de Imogene King, que se caracteriza por ser interacionista, pautada no cuidado de Enfermagem que não se restringe ao âmbito individual, mas pode ser prestado a um grupo social com o qual o profissional estabelece contato. Método: estudo reflexivo realizado por meio de aporte teórico relacionado à teoria do alcance de metas de Imogene King e análise reflexiva do tema planejamento da aposentadoria. Resultados: o estabelecimento de metas ocorre a partir da interação entre enfermeiro e trabalhador, em que cada indivíduo reage de forma particular à aposentadoria, influenciado por suas experiências e percepções. Compete ao enfermeiro valorizar os conhecimentos do trabalhador, a fim de estimular sua adesão ao planejamento da aposentadoria. O trabalhador possui necessidades básicas de informação sobre a aposentadoria, que devem ser fornecidas em momento oportuno pelo profissional. Conclusão: o estabelecimento de metas contribui para que o trabalhador note concretamente seus avanços até o desligamento do trabalho. A teoria de Imogene King direciona o enfermeiro do trabalho no estabelecimento de metas com trabalhadores em pré-aposentadoria.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Aisa R, Larramona G, Pueyo F. Active aging, preventive health and dependency: Heterogeneous workers, differential behavior. J Econ Behav Organ. 2015[citado em 2018 maio 26];117(1):1-9. Disponível em: http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S016726811500164X/pdfft?md5=7bd4c1918cd4bb22b9860493c69f2ed9&pid=1-s2.0-S016726811500164X-main.pdf

Bloom DE, Chatterji S, Kowal P, Lloyd-Sherlock P, McKee M, Rechel B, et al. Macroeconomic implications of population ageing and selected policy responses. Lancet. 2015[citado em 2018 maio 26];385(9968):649-57. Disponível em: http://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(14)61464-1/abstract

Macedo MLAF, Pires DEP, Cavalcante CAA. Aposentadoria na Enfermagem: uma revisão de literatura. REME - Rev Min Enferm. 2014[citado em 2018 maio 26];18(4):986-91. Disponível em: http://www.reme.org.br/artigo/detalhes/977

Kilimnik ZM, Reis Neto MT, Santos GS, Malta VD, Santos MF. O significado do trabalho: um estudo com professores de administração em uma universidade. Rev Lugares Educ. 2015[citado em 2018 maio 26]5;11(1):3-27. Disponível em: http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/rle

Hershey DA, Henkens K. Impact of different types of retirement transitions on perceived satisfaction with life. Gerontologist. 2014[citado em 2018 maio 26];54(2):232-44. Disponível em: https://doi.org/10.1093/geront/gnt006

Leandro-França C, Murta SG, Hershey DA, Martins LB. Evaluation of retirement planning programs: a qualitative analysis of methodologies and efficacy. Educ Gerontol. 2016[citado em 2018 maio 26];42(1):497-512. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1080/03601277.2016.1156380

Gvozd R, Rossaneis MA, Pissinati PSC, Guirardello EB, Haddad MCFL. Cultural adaptation of the Retirement Resources Inventory for Brazilian culture. Rev Saúde Pública. 2019[citado em 2019 dez. 04];53:60. Disponível em: https://doi.org/10.11606/s1518-8787.2019053000863

King IM. A theory for nursing: systems, concepts, process. New York: Wiley Medical Publications; 1981.

Caceres BA. King’s theory of goal attainment: exploring functional status. Nurs SCI Q. 2015[citado em 2018 maio 26];25(2):151-5. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25805388

Garcia MCC, Cirino ID, Elias TMN, Lira ALBC, Enders BC. Interação enfermeiro-paciente na adesão ao tratamento da tuberculose: reflexão à luz de Imogene King. Rev Enferm UFPE on line. 2014[citado em 2018 maio 26];8(Sulpp 1):2513-21. Disponível em: http://www.revista.ufpe.br/revistaenfermagem/index.php/revista/article/view/6514/pdf_5757

Baggio MA, Erdmann AL. Processando o cuidado “do nós” nas relações/interações estabelecidas por profissionais de Enfermagem e de saúde. Cogitare Enferm. 2015[citado em 2018 maio 26];20(3):573-80. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=483647680017

Moreira MDS, Gaiva MAM. Comunicação do enfermeiro com a mãe/família na consulta de Enfermagem à criança. Ciênc Cuid Saúde. 2016[citado em 2018 maio 26];15(4):677-84. Disponível em: http://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/CiencCuidSaude/article/view/32093

Pires AS, Ribeiro LV, Souza NVDO, Sá CMS, Gonçalves FGA, Santos DM. A permanência no mundo do trabalho de profissionais de Enfermagem com possibilidade de aposentadoria. Ciênc Cuid Saúde. 2013[citado em 2018 maio 26];12(2):338-45. Disponível em: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/CiencCuidSaude/article/view/18298/pdf

Macêdo LSS, Bendassolli PF, Torres TL. Representações sociais da aposentadoria e intenção de continuar trabalhando. Psicol Soc. 2017[citado em 2018 maio 26];29(1):e145010. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/psoc/v29/1807-0<310-psoc-29-e145010.pdf

Nalin CP, França LHFP. Resilience and Well-Being in Retirement. Paidéia. 2015[citado em 2018 maio 26];25(61):191-9. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/paideia/v25n61/1982-4327-paideia-25-61-0191.pdf

Publicado

20-05-2020

Como Citar

1.
Pissinati P de SC, Martins EAP, Costa RG, Haddad M do CFL. Estabelecimento de metas no planejamento da aposentadoria: reflexão à luz de imogene king. REME Rev Min Enferm. [Internet]. 20º de maio de 2020 [citado 26º de maio de 2024];24(1). Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/reme/article/view/49990

Edição

Seção

Artigo de Reflexao

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.