Corpus de legendas de animes (CorLeAni)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/1983-3652.2022.38695

Palavras-chave:

Anime, Corpus, Fansubber, Fansubs, Legendagem

Resumo

Reportamos, neste artigo, o processo de compilação de um corpus formado por legendas de animes em português brasileiro, aqui denominado Corpus de Legendas de Animes (CorLeAni). O CorLeAni, atualmente com cerca de 1 milhão de palavras, foi compilado seguindo o suporte teórico-metodológico dos Estudos da Tradução Baseados em Corpus. A compilação deu-se ao longo de dois Projetos de Pesquisa de Iniciação Científica de Ensino Médio (PIBIC-EM), 2019-2020 e 2020-2021, com bolsa do Instituto Federal Goiano-Campus Campos Belos. Reconhecendo que as fansubs apresentam um grande potencial para discussões e estudos no âmbito audiovisual, disponibilizamos o CorLeAni de forma gratuita, podendo ser utilizado em futuras pesquisas com focos linguístico e tradutório.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Gomes da Cunha, Centro de Ensino Unificado de Brasília, Brasília, DF, Brasil / Faculdade de Tecnologia e Ciências Sociais Aplicadas, Brasília, DF, Brasil

Primeira fase do Ensino Fundamental na Escola Municipal Niedja de Souza Machado; Segunda fase do Ensino Fundamental no Colégio Estadual Professora Ricarda. Cursou Informática para Internet integrado ao Ensino Médio no Instituto Federal Goiano - Campus Campos Belos Goiás. Aperfeiçoou-se em cursos de Inglês na Fisk - Campos Belos e Wizzard - Campos Belos. Atualmente, cursa Análise e desenvolvimento de Sistemas no Centro Universitário de Brasília.

Janailton Mick Vitor da Silva, Instituto Federal de Brasília - Campus Ceilândia, Brasília, DF, Brasil

Professor EBTT na área de Letras (Língua Inglesa) no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília (IFB) - Campus Ceilândia. Aluno do curso de Doutorado em Estudos Linguísticos no Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos (PosLin), na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), atuando na linha de pesquisa Estudos Linguísticos Baseados em Corpora. Mestre em Estudos da Tradução (2018) pela Universidade de Brasília (UnB) e Licenciado em Letras-Língua Inglesa (2015) pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Tem experiência na área de Letras (Estudos da Tradução, Tradução Audiovisual, Linguística de Corpus, Estilística e Ensino de Língua Inglesa) e atualmente desenvolve pesquisa doutoral sobre estilo em textos acadêmicos escritos em inglês. 

Referências

BAKER, M. Corpora in Translation Studies: An Overview and Some Suggestions for Future Research. Target. International Journal of Translation Studies, v. 7, n. 2, p. 223–243, jan. 1995. DOI: 10.1075/target.7.2.03bak. Disponível em: https://benjamins.com/online/target/articles/target.7.2.03bak. Acesso em: 23 mai. 2022.

BAKER, M. Corpus-based translation studies: the challenges that lie ahead. In: SOMERS, H. (Ed.). Terminology, LSP and translation: studies in language engineering in honour of Juan C. Sager. Amsterdam/Philadelphia: John Benjamins Publishing Company, 1996. p. 177–186.

BERBER SARDINHA, T. Linguística de corpus. Barueri: Editora Manole, 2004.

BOGUCKI, L. Amateur subtitling on the internet. In: DÍAZ CINTAS, J.; ANDERMAN, G. (Org.). Audiovisual translation: language transfer on screen. Grã-Bretanha: Palgrave Macmillan, 2009. p. 49–57.

CAMARGO, D. C. de. Metodologia De Pesquisa Em Traducao E Linguistica De Corpus. São José do Rio Preto, SP: Laboratório Editorial do IBILCE/UNESP, 2007.

DÍAZ CINTAS, J.; MUÑOZ SÁNCHEZ, P.; MOURA, W. H. C. Fansubs: Tradução Audiovisual em um Ambiente Amador. Cadernos de Tradução, v. 42, n. 01, p. 1–26, mai. 2022. DOI: 10.5007/2175-7968.2022.e80264. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/traducao/article/view/80264. Acesso em: 24 mai. 2022.

DÍAZ CINTAS, J.; NEVES, J. Taking stock of Audiovisual Translation. In: THE JOURNAL OF SPECIALISED TRANSLATION (Org.). Audiovisual Translation: taking stock. UK: Cambridge Scholars Publishing, 2015. p. 1–7.

DÍAZ-CINTAS, J.; REMAEL, A. Audiovisual translation: subtitling. Manchester, UK ; Kinderhook, NY: St. Jerome Pub, 2007.

DÍAZ-CINTAS, J.; SÁNCHEZ, P. M. Fansubs: Audiovisual Translation in an Amateur Environment. The Journal of Specialised Translation, n. 6, p. 37–52, 2006.

FERRER SIMÓ, M. R. Fansubs y scanlations: la influencia del aficionado en los criterios profesionales. Puentes, v. 6, p. 27–44, 2005. Disponível em: http://wpd.ugr.es/~greti/revista-puentes/pub6/04-Maria-Rosario-Ferrer.pdf. Acesso em: 23 mai. 2022.

LUYTEN, S. B. Mangá e animê – Ícones da Cultura Pop Japonesa. Fundação Japão em São Paulo, p. 1–11, 2014. Disponível em: https://fjsp.org.br/estudos-japoneses/artigo/manga_anime_sonia_luyten/. Acesso em: 23 mai. 2022.

MCENERY, T.; WILSON, A. Corpus linguistics: an introduction. Edinburgh: Edinburgh Univ. Press, 2001. (Edinburgh textbooks in empirical linguistics).

MOREIRA, H.; CALEFFE, L. G. Metodologia de pesquisa para o professor pesquisador. Rio de Janeiro: Lamparina, 2008.

NETO, A. B. Mangás e Animês: A cultura pop japonesa no Brasil. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em História) – Universidade Estadual de Montes Claros – UNIMONTES, São Francisco.

PEREIRA, I. D. Cultura pop Japonesa no Brasil. Temática, v. 13, n. 8, p. 46–59, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/tematica/article/view/35730. Acesso em: 23 mai. 2022.

SATO, C. A. A cultura popular japonesa: animê. In: LUYTEN, S. M. B. (Org.). Cultura Pop Japonesa: Mangá e Animê. 1. ed. São Paulo: Hedra, 2005. p. 27–42.

Downloads

Publicado

2022-05-27

Como Citar

CUNHA, D. G. da; SILVA, J. M. V. da. Corpus de legendas de animes (CorLeAni). Texto Livre, Belo Horizonte-MG, v. 15, p. e38695, 2022. DOI: 10.35699/1983-3652.2022.38695. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/textolivre/article/view/38695. Acesso em: 4 out. 2022.