Escarificação mecânica, tratamento térmico e ácido giberélico na superação de dormência de sementes de Annona crassiflora MART./ Mechanical scarification, heat treatment and gibberellic acid in overcoming seed dormancy of Annona crassiflora MART.

  • Luiz Carlos Ferreira Instituto Federal Norte de Minas Gerais (IFNMG)
  • Nicarla da Silva Bispo
Palavras-chave: Annonaceae. Germinação. Cerrado. Annonaceae, germination, cerrado.

Resumo

Annona crassiflora é uma das principais espécies arbóreas do Cerrado com potencial alimentar e econômico a ser explorado, porém suas sementes possuem dormência, sendo um dos fatores que dificultam a germinação. Este trabalho teve como objetivo avaliar diferentes métodos para superação da dormência em sementes de Annona crassiflora. Os métodos utilizados para tentar superar a dormência das sementes de Annona crassiflora foram o tratamento com ácido giberélico (GA3), escarificação mecânica e tratamento térmico, além da combinação entre os métodos. O Delineamento experimental adotado foi em blocos casualizados com cinco tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos foram semente sem escarificação; semente escarificada; semente escarificada + GA3; semente escarificada + tratamento térmico; semente escarificada + GA3 + tratamento térmico. Os tratamentos que proporcionaram melhor germinação das sementes foram semente escarificada + GA3 e semente escarificada + GA3 + tratamento térmico. A combinação de métodos mecânicos com hormonais pode potencializar a superação da dormência de sementes de Annona crassiflora, possibilitando um aumento da propagação dessa espécie de grande interesse socioeconômico.

 

Abstract

 Annona crassiflora is one of the main tree species of the Cerrado with alimentational and economic potential to be explored, but its seeds have dormancy states, and this is one of the factors that hinder germination. The objective of this work was to evaluate different methods to overcome dormancy in Annona crassiflora seeds. The methods used to try to overcome the dormancy of Annona crassiflora seeds were the treatment with gibberellic acid (GA3), mechanical scarification and heat treatment, as well as the combination of the previous methods. The adopted experimental design was randomized blocks with five treatments and four replicates. The treatments were seed without scarification; scarified seed; scarified seed + GA3; scarified seed + heat treatment; scarified seed + GA3 + heat treatment. The treatments that provided the best germination of seeds were scarified seed + GA3 and scarified seed + GA3 + heat treatment. The combination of mechanical and hormonal methods may potentiate overcoming seed dormancy of Annona crassiflora, what increases the propagation of this species of great socioeconomic interest.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Carlos Ferreira, Instituto Federal Norte de Minas Gerais (IFNMG)
Doutor em Ciência de Alimentos pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Referências

Araújo, G. P., Neto, J. P. S.,Miclos, J. S., Cotrim, A. T. C.2008. Superação de dormência em sementes de Annona crassiflora Mart.(araticum). IX Simpósio Nacional Cerrado e II Simpósio Internacional Savanas Tropicais. Brasília, DF.

Cavalcante, T. R. M., Naves, R. V., Braga Filho, J. R., Silva, L. B. 2007. Influência de substratos e do armazenamento de sementes sobre a emergência e crescimento de plântulas de araticum (Annonaceae). Bioscience Journal 23: 11-20.

Costa, G. P. 2017. Estudo da atividade antioxidante de folhas e polpa de Annona crassifloraMart. para utilizar como fitocosmético. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista, Assis, São Paulo.

Ferreira, G.; Erig, P. R., Moro, E. 2002. Uso de ácido giberélico em sementes de fruta-do-conde (Annonasquamosa L.) visando à produção de mudas em diferentes embalagens. Revista Brasileira Fruticultura 24: 178-182.

Ferreira, D. F. 2008. SISVAR: um programa para análises e ensino de estatística. Revista Symposium 6: 36-41.

Ferreira, G., De-La-Cruz-Chacón, I., Gonzalez-Esquinca, A. R. 2016..Overcoming seed dormancy in Annona macroprophyllata and Annona purpureausing plant growth regulators. Revista Brasileira de Fruticultura 38: 1-10.

Luzia, D. M. M., Jorge, N. 2013. Bioactive substance contents and antioxidant capacity of the lipid fraction of Annona crassiflora Mart. Seeds. Industrial Crops and Products 42:231-235.

Maldonado, F. E. M, Lasprilla, D. M., Magnitskiy, S. 2016. Sugar apple (Annona squamosa L.) seed germination affected by the application of gibberellins. Agronomía Colombiana 34: 17-24.

Melo, D. L. B. 2005.Dormência em sementes de Annona crassiflora Mart. Tese de Doutorado - Universidade Federal de Lavras, Lavras.

Menegazzo, M. L., Oliveira, A. C., Kulczynski, S. M., Silva, E. A. 2012. Efeitos de métodos de superação de dormência em sementes de pinha (Annonasquamosa L.). Revista Agrarian 5: 29-35.

Mesquita, M. A. M. Naves, R. V., Souza, E. R. B., Bernardes, T. G., Silva, L. B.2007. Caracterização de ambientes com alta ocorrência natural de araticum (Annona crassifloraMart.) no Estado de Goiás. Revista Brasileira de Fruticultura 29: 15-19.

Oliveira, M. C., Ferreira, G., Guimarães, V. F. Dias, G. B. 2010. Germinação de sementes de atemoia (Annonacherimola Mill. xA. squamosa L.) cv 'Gefner' submetidas a tratamentos com ácido Giberélico (GA3) e ethephon. Revista Brasileira de Fruticultura 32: 544-554.

Paula, G. D.2015. Avaliação da germinação de sementes de condessa, graviola e pinha tratadas com ácido giberélico (GA3). Trabalho de Conclusão de Curso - Universidade de Brasília, Brasília.

Pereira, E. B. C. Pereira, A. V., Melo, J. T., Silva, J. C. S.2004. Quebra da dormência de sementes de araticum. Boletim de pesquisa e desenvolvimento. Planaltina: Embrapa Cerrados, (137).



Pimenta, A. C. 2014. Caracterização morfológica de frutos, sementes e plântulas, estaquia e germinação de sementes de araticunzeiro (Annona crassiflora Mart. Annonaceae). Tese de Doutorado - Programa de Pós-Graduação em Agronomia, Setor de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Paraná. Curitiba-PR.

Scaloppi Junior, E. J., Martins, A. B. G. 2014. Estaquia em Anonas. Revista Brasileira de Fruticultura 36: 147-156.

Silva, D. B., Silva, J. A. ; Junqueira, N. T. V.; Andrade, L. R. M. 2001. Frutas do cerrado. Brasília: Embrapa.


Braga Sobrinho, R. B. 2010. Potencial de exploração de anonáceas no nordeste do Brasil. In 17° Semana Internacional da Fruticultura, Floricultura e Agroindústria. Embrapa Agroindústria Tropical. Brasília: Embrapa.

Stenzel, N. M. C., Murata, I. M., Neves, C. S. V. J. 2003. Superação da dormência em sementes de atemoia e fruta-do-conde. Revista Brasileira de Fruticultura 25: 305-308.
Publicado
2018-07-04
Como Citar
Ferreira, L. C., & Bispo, N. da S. (2018). Escarificação mecânica, tratamento térmico e ácido giberélico na superação de dormência de sementes de Annona crassiflora MART./ Mechanical scarification, heat treatment and gibberellic acid in overcoming seed dormancy of Annona crassiflora MART. Caderno De Ciências Agrárias, 10(1), 13-17. https://doi.org/10.35699/2447-6218.2018.3005
Seção
ARTIGOS ORIGINAIS