Prática docente a distância

relato de experiência na orientação de TCC

Palavras-chave: Trabalho de Conclusão de Curso, Ensino a distância, Orientação on-line

Resumo

Este artigo apresenta um relato de experiência de uma professora ao ministrar uma disciplina de Orientação de Trabalho de Conclusão de Curso, integralmente na modalidade a distância, em um curso de especialização. Por meio de um estudo de caso, foram analisados os métodos e instrumentos utilizados pela professora, ao longo da disciplina, para orientação, comunicação e interação com os alunos. O estudo possui uma abordagem qualitativa e quantitativa por meio de técnicas de observação e pesquisa documental, utilizando como principal instrumento um questionário semiestruturado direcionado aos orientandos no final da disciplina. Nos resultados são apresentados e analisados os métodos utilizados na disciplina, na percepção da professora orientadora e na avaliação dos alunos orientandos. Destaca-se a adaptabilidade dos alunos quanto às ferramentas digitais e a interação dos orientandos com a orientadora, que, apesar de exclusivamente on-line, não trouxe prejuízos e aumentou a autonomia dos alunos na gestão das atividades e do tempo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrícia Nascimento Silva, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutora em Gestão e Organização do Conhecimento pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG, 2018). Analista de Tecnologia da Informação na UFMG. Professora em cursos de Graduação e Pós-Graduação desde 2014, ministrando disciplinas na área de tecnologia e orientação de Trabalho de Conclusão de Curso. Pesquisadora nas áreas de Sistemas de Informação, Gestão do Conhecimento e Dados Governamentais Abertos.

Referências

ABREU-E-LIMA, Denise Martins de; ALVES, Mario Nunes. O feedback e sua importância no processo de tutoria a distância. Pro-Posições, Campinas, v. 22, n. 2, p. 189-205, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-73072011000200013&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 10 abr. 2020. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-73072011000200013.

BASTOS, Celso da Cunha. Metodologias ativas. In: EDUCAÇÃO E MEDICINA. 2006. Disponível em: http://educacaoemedicina.blogspot.com/. Acesso em: 10 abr. 2020.

BERBEL, Neusi Aparecida Navas. Metodologia da Problematização: uma alternativa metodológica apropriada para o Ensino Superior. Semina, Londrina, v. 16, n. 2, p. 9-19, 1995. DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0383.1995v16n3p09.

BERBEL, Neusi Aparecida Navas. As metodologias ativas e a promoção da autonomia de estudantes. Semina, Londrina, v. 32, n. 1, p. 25-40, 2011. DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0383.2011v32n1p25.

BROUSSEAU, Guy. Fondements et méthodos de la didáctiquedes mathématiques. Recherches em Didáctiquedes Mathématiques, v. 7, n. 2, p. 33-115, 1986.

CASA NOVA, Silvia Pereira de Castro et al. (org.). Trabalho de conclusão de curso (TCC): uma abordagem leve, divertida e prática. São Paulo: Saraiva, 2019.

GRAELLS, Pere Marqués. Impacto de las TIC em la educacíon: funciones e limitaciones. Revista de Investigación y Dessarrollo, Barcelona, v. 1, n. 3, p. 1-15, 2012. Disponível em: https://www.3ciencias.com/wp-content/uploads/2013/01/impacto-de-las-tic.pdf. Acesso em: 10 abr. 2020.

GOMES, Luiz Fernando. EAD no Brasil: perspectivas e desafios. Avaliação (Campinas), Sorocaba, v. 18, n. 1, p. 13-22, 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772013000100002&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 10 abr. 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1414-40772013000100002.

HARTZ, Ani Mari; SCHLATTER, Gabriel Vianna. A Construção do Trabalho de Conclusão do Curso por meio da Metodologia Ativa Team-Based Learning. Administração: Ensino e Pesquisa, Rio de Janeiro, v. 17, n. 1, p. 73-109, 2016. DOI: https://doi.org/10.13058/raep.2016.v17n1.274.

LOPES PEREIRA, Natana et al. O ambiente virtual de aprendizagem na estruturação de Trabalhos de Conclusão de Curso: estratégias de EAD no Ensino Superior presencial. In: LOPES PEREIRA, Natana et al. Integração de Tecnologias na Segurança Pública e Direitos Humanos. Araranguá: Hard Tech, 2017. p. 174-184. Disponível em: http://www.abed.org.br/congresso2017/trabalhos/pdf/323.pdf. Acesso em: 10 abr. 2020.

MACHADO, Andrea de Bem et al. Comunicação na EAD: uma análise no processo de orientação de monografia. In: CIAED- CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, 20., 2014, Florianópolis. Anais. Disponível em: http://www.abed.org.br/hotsite/20-ciaed/pt/anais/pdf/98.pdf. Acesso em: 10 abr. 2020.

MASETTO, Marcos Tarcísio. Atividades pedagógicas no cotidiano da sala de aula universitária: reflexões e sugestões práticas. In: CASTANHO, Sérgio; CASTANHO, Maria Eugênia. Temas e textos em metodologia do ensino superior. Campinas: Papirus, 2001.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2003.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO (MEC). Resolução nº 1, de 6 de abril de 2018. Brasília, DF, 2018. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=85591-rces001-18&category_slug=abril-2018-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 10 abr. 2020.

MITRE, Sandra Minardi et al. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem na formação profissional em saúde: debates atuais. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 13, n. 2, p. 2133-2144, 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000900018&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 05 ago. 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232008000900018.

MORY, Edna Holland. Feedback research review. In: JONASSEN, David. Handbook of research on educational communications and technology. Mahwah: Lawrence Erlbaum, 2004.

NEHER, Carlos. O Trabalho de Conclusão de Curso: orientações & critérios para uma boa nota. E-book. [S.I.]: Clube de Autores, 2002.

POPPE, Maria da Conceição Maggioni. TCC na EAD: processo de letramento acadêmico e produção do conhecimento no ensino superior. In: CIAED- CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, 21., 2015, Rio de Janeiro. Anais. Disponível em: http://www.abed.org.br/congresso2015/anais/pdf/BD_32.pdf. Acesso em: 05 ago. 2020.

PRETI, Oreste. Autonomia do aprendiz na educação a distância. In: PRETI, Oreste. Educação a Distância: construindo significados. Brasília: Plano, 2000.

RIBEIRO, Luis Roberto Camargo. Aprendizado baseado em problemas. São Carlos: UFSCAR; Fundação de Apoio Institucional, 2008.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Cortez, 2009.

WARR, Peter; BUNCE, David. Trainee characteristics and outcomes of open learning. Personnel Psychology, Hoboken, v. 48, n. 2, p. 347-375, 1995. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1111/j.1744-6570.1995.tb01761.x. Acesso em: 10 abr. 2020.

Publicado
2020-08-24
Como Citar
SILVA, P. N. Prática docente a distância. Revista Docência do Ensino Superior, v. 10, p. 1-21, 24 ago. 2020.
Seção
Artigos