Condições que levam docentes enfermeiros a assumir cargos de gestão universitária

Autores

  • Kamylla Santos da Cunha Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Enfermagem, Florianópolis SC , Brazil, Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, Departamento de Enfermagem. Florianópolis, SC – Brasil
  • Alacoque Lorenzini Erdmann Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Enfermagem, Florianópolis SC , Brazil, Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, Departamento de Enfermagem. Florianópolis, SC – Brasil
  • Carolina Kahl Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Enfermagem, Florianópolis SC , Brazil, Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, Departamento de Enfermagem. Florianópolis, SC – Brasil
  • Daniele Delacanal Lazzari Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Enfermagem, Florianópolis SC , Brazil, Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, Departamento de Enfermagem. Florianópolis, SC – Brasil
  • Murilo Pedroso Alves Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Enfermagem, Florianópolis SC , Brazil, Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, Departamento de Enfermagem. Florianópolis, SC – Brasil
  • Patrícia Klock Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Enfermagem, Florianópolis SC , Brazil, Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, Departamento de Enfermagem. Florianópolis, SC – Brasil

DOI:

https://doi.org/10.35699/2316-9389.2018.49636

Palavras-chave:

Docentes de Enfermagem, Universidades, Educação Superior, Pesquisa em Administração de Enfermagem

Resumo

Objetivo: compreender as condições que levam os enfermeiros docentes de uma universidade pública a assumirem os cargos de gestão universitária. Método: pesquisa qualitativa com aporte teórico-metodológico na teoria fundamentada nos dados. O cenário do estudo foi uma universidade pública federal e a coleta de dados ocorreu entre maio e setembro de 2016, compondo a amostragem teórica 19 participantes distribuídos em dois grupos amostrais. Resultados: os dados evidenciaram que os docentes assumem cargos de gestão universitária por compromisso com o coletivo e por possuírem competências de gestão. Destacou-se a motivação dos docentes para assumirem esses cargos devido a experiências anteriores na gestão de universidades privadas e/ou serviços de saúde. Conclusão: os docentes de uma unidade universitária assumem cargos de gestão pelo compromisso com o coletivo e domínios, por experiências acumuladas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Almeida ME, Pimenta SG. Pedagogia universitária - Valorizando o ensino e a docência na universidade. Rev Port Educ. 2014[citado em 2017 jul 28];27(2):7-31. Disponível em: http://revistas.rcaap.pt/rpe/article/view/6243

Santos L, Bronnemann MR. Desafios da gestão em instituições de ensino superior: um estudo de caso a partir da percepção de diretores de centro de uma IES pública do sul do Brasil. Rev GUAL. 2013[citado em 2017 jul 28];6(1):01-21. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/gual/article/view/1983-4535.2013v6n1p1

Tosta HT, Dalmau MBL, Tosta KCBT, Tecchio EL. Gestores universitários: papel e competências necessárias para o desempenho de suas atividades nas universidades federais. Rev GUAL. 2012[citado em 2017 jul 28];5(2):01-15. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/gual/article/view/1983-4535.2012v5n2p1

Tauchen G, Cofferi FF, Castilla OE, Alvarenga BT, Borges DS, Neves CFP. Gestão da docência universitária: o stress na vida dos professores iniciantes. Rev GUAL. 2016[citado em 2018 fev 26];9(4):255-73. Disponível em: http://www.redalyc.org/pdf/3193/319349825014.pdf

Santiago R, Carvalho T. Managerialism rhetorics in portuguese higher education. Minerva. 2012[citado em 2017 jul 28];50(1):511-32. Disponível em: https://www.jstor.org/stable/43548565

Peixoto ALA, Souza JAJ. Longe dos olhos, longe do coração: desafios de gestão de uma universidade pública a partir da percepção dos seus gestores. Rev GUAL. 2015[citado em 2018 fev 26];8(3):240-60. Disponível em: http://www.redalyc.org/pdf/3193/319342694012.pdf

Wilhelm FA, Zanelli JC. Características das situações estressantes em gestores universitários no contexto do trabalho. Estud Pesqui Psicol. 2013[citado em 2017 jul 28];13(2):704-23. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/epp/v13n2/v13n2a16.pdf

Melo MCOL, Lopes ALM, Ribeiro JM. O Cotidiano de gestores entre as estruturas acadêmica e administrativa de uma Instituição de Ensino Superior Federal de Minas Gerais. ROC. 2013[citado em 2017 jul 28];9(17):205-27. Disponível em: https://www.metodista.br/revistas/revistasims/index.php/OC/article/view/3676

Bolzan DPV, Isaia SMA, Maciel AMR. Formação de professores: a construção da docência e da atividade pedagógica na Educação Superior. Rev Diálogo Educ. 2013[citado em 2018 fev 27];13(38):49-68. Disponível em: http://www2.pucpr.br/reol/pb/index.php/dialogo?dd1=7625&dd99=view&dd98=pb

Dipietro M, Buddie AM. Graduate teacher training in the U. S.: Snapshots from the landscape. REDU. 2014[citado em 2018 fev 27];11(3):41-52. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=4558005

Barbosa MAC, Mendonça JRC. O professor-gestor e as políticas institucionais para formação de professores de ensino superior para a gestão universitária. E & G Economia Gest. 2016[citado em 2018 fev. 27];16(42):61-88. Disponível em: http://periodicos.pucminas.br/index.php/economiaegestao/article/view/P.1984-6606.2016v16n42p61/9410

Corbin J, Strauss A. Basics of qualitative research: techniques and procedures for developing Grounded Theory. California: SAGE; 2015.

Salles MASD, Villardi BQ. O desenvolvimento de competências gerenciais na prática dos gestores no contexto de uma Ifes centenária. RSP. 2017[citado em 2018 fev 27];68(2):467-98. Disponível em: http://revista.enap.gov.br/index.php/RSP/article/view/795/1067

Coelho CH. Gestão acadêmica exercida por professores universitários: um estudo de caso. RG & S. 2017[citado em 2017 ago. 02];8(1):162-79. Disponível em: http://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/23923

Caveiao C, Zagonel IPS, Coelho ICM, Peres AM, Montezeli JH. Percepção de docentes sobre o processo de aprendizado em administração de enfermagem. Cogitare Enferm. 2015[citado em 2017 ago 02];20(1):103-11. Disponível em: http://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/40628

Soares LH. Gestão de Instituições de Ensino: o ensino superior privado e os novos parâmetros de perenidade. Univ Gest TI. 2013[citado em 2017 ago 02];2(3):79-87. Disponível em: https://www.publicacoesacademicas.uniceub.br/gti/article/viewFile/2647/2267

Warshawsky NE, Havens DS. Nurse manager job satisfaction and intent to leave. Nurs Econ. 2014[citado em 2018 fev 27];32(1):32-9. Disponível em: https://www-ncbi-nlm-nih-gov.ez46.periodicos.capes.gov.br/pmc/articles/PMC4330008/pdf/nihms660053.pdf

Lopes-Junior LC, Assega ML, Machado ML, Flória-Santos M, Pirolo SM. Competências gerenciais em situações de urgência na atenção básica: experiência de um currículo de enfermagem orientado por competências. RG & S. 2013[citado em 2017 ago. 02];3(4):995-05. Disponível em: http://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/14168

Deckman LR, Deon SMP, Silva EF da, Lorenzini E. Competência gerencial na enfermagem: uma revisão integrativa. RG & S. 2013[citado em 2017 ago. 02];2(4):2261-72. Disponível em: http://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/22952

Ventura PFEV, Freire EMR, Alves M. Participação do enfermeiro na gestão de recursos hospitalares. RG & S. 2016[citado em 2017 ago. 02];1(7):126-47. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/descarga/articulo/5555870.pdf

Silva VLS, Camelo SHH. A competência da liderança em enfermagem: conceitos, atributos essenciais e o papel do enfermeiro líder. Rev Enferm UERJ. 2013[citado em 2017 ago 02];21(4):533-9. Disponível em: http://www.epublicacoes.uerj.br/index.php/enfermagemuerj/article/view/10031/7817

Lopes ER, Souza JEO, Almeida MLS, Silva WA. Conflitos na equipe de enfermagem: um desafio na gestão do enfermeiro. ÚNICA Cad Acad. 2015[citado em 2017 ago. 02];1(1):1-10. Disponível em: http://co.unicaen.com.br:89/periodicos/index.php/UNICA/article/view/10

Klein FA, Mascarenhas AO. Motivação, satisfação profissional e evasão no serviço público: o caso da carreira de especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental. Rev Adm Pública. 2016[citado em 2017 ago 02];50(1):17-39. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rap/v50n1/0034-7612-rap-50-01-00017.pdf

Publicado

04-10-2018

Como Citar

1.
Cunha KS da, Erdmann AL, Kahl C, Lazzari DD, Alves MP, Klock P. Condições que levam docentes enfermeiros a assumir cargos de gestão universitária. REME Rev Min Enferm. [Internet]. 4º de outubro de 2018 [citado 15º de junho de 2024];22(1). Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/reme/article/view/49636

Edição

Seção

Pesquisa

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >> 

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.