Violência praticada por parceiros íntimos a mulheres com depressão

Autores

  • Maria Cristina Lins Oliveira Frazão Universidade Federal da Paraíba - UFPB, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, João Pessoa PB , Brasil, Universidade Federal da Paraíba - UFPB, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. João Pessoa, PB - Brasil http://orcid.org/0000-0002-8069-5492
  • Lia Raquel de Carvalho Viana Universidade Federal da Paraíba - UFPB, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, João Pessoa PB , Brasil, Universidade Federal da Paraíba - UFPB, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. João Pessoa, PB - Brasil http://orcid.org/0000-0002-5694-4380
  • Cláudia Jeane Lopes Pimenta Universidade Federal da Paraíba - UFPB, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, João Pessoa PB , Brasil, Universidade Federal da Paraíba - UFPB, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. João Pessoa, PB - Brasil http://orcid.org/0000-0002-1458-8226
  • Cleane Rosa Ribeiro da Silva Universidade Federal da Paraíba - UFPB, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, João Pessoa PB , Brasil, Universidade Federal da Paraíba - UFPB, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. João Pessoa, PB - Brasil http://orcid.org/0000-0002-0475-2950
  • Thaíse Alves Bezerra Universidade Federal da Paraíba - UFPB, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, João Pessoa PB , Brasil, Universidade Federal da Paraíba - UFPB, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. João Pessoa, PB - Brasil http://orcid.org/0000-0003-3242-4468
  • Gerlania Rodrigues Salviano Ferreira Universidade Federal da Paraíba - UFPB, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, João Pessoa PB , Brasil, Universidade Federal da Paraíba - UFPB, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. João Pessoa, PB - Brasil http://orcid.org/0000-0002-6956-9831
  • Tatiana Ferreira da Costa Universidade Federal da Paraíba - UFPB, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, João Pessoa PB , Brasil, Universidade Federal da Paraíba - UFPB, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. João Pessoa, PB - Brasil http://orcid.org/0000-0002-6448-4302
  • Kátia Neyla de Freitas Macedo Costa Universidade Federal da Paraíba - UFPB, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, João Pessoa PB , Brasil, Universidade Federal da Paraíba - UFPB, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. João Pessoa, PB - Brasil http://orcid.org/0000-0003-2054-6943

DOI:

https://doi.org/10.35699/2316-9389.2020.49936

Palavras-chave:

Violência por Parceiro Íntimo, Violência contra a Mulher, Depressão, Saúde da Mulher

Resumo

Objetivo: identificar violência praticada por parceiro íntimo a mulheres com depressão. Método: pesquisa qualitativa realizada de janeiro a abril de 2017 com 29 mulheres que apresentavam depressão e eram acompanhadas em um Centro de Atenção Integral à Saúde em João Pessoa, Paraíba. Os dados foram coletados por meio de entrevistas, utilizando-se um roteiro semiestruturado. As falas foram processadas pelo software IRAMUTEQ e analisadas por meio da técnica de análise de conteúdo. Resultados: entre as participantes, 29 relataram história de violência, sendo a maior parte das agressões praticada por parceiros íntimos. A análise das falas permitiu a subdivisão do conteúdo em três núcleos temáticos: tipos de violência sofrida, denúncia das agressões e falta de apoio familiar. Conclusão: percebeu-se estreita relação entre a violência perpetrada por parceiro íntimo e o diagnóstico de depressão, com consequências danosas para a mulher e suas relações familiares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Acosta DF, Gomes VLO, Fonseca AD, Gomes GC. Violence against women committed by intimate partners: (in)visibility of the problem. Texto Contexto Enferm. 2015[citado em 2019 jan. 17];24(1):121-7. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v24n1/0104-0707-tce-24-01-00121.pdf

World Health Organization (WHO). Global and regional estimates of violence against women: prevalence and health effects of intimate partner violence and non-partner sexual violence. Geneva: World Health Organization; 2013[citado em 2019 jan. 17]. Disponível em: http://apps.who.int/iris/bitstream/10665/85239/1/9789241564625_eng.pdf

Garcia LP. The invisible magnitude of violence against women. Epidemiol Serv Saúde. 2016[citado em 2019 jan. 18];25(3). Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ress/v25n3/en_2237-9622-ress-25-03-00451.pdf

Barros EM, Silva MA, Falbo Neto GH, Lucena SG, Ponzo L, Pimentel AP. Prevalence and factors associated with intimate partner violence among women in Recife/Pernambuco, Brazil. Ciênc Saúde Colet. 2016[citado em 2019 jan. 17];21(2):591-8. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v21n2/en_1413-8123-csc-21-02-0591.pdf

Acosta DF, Gomes VLO, Oliveira DC, Marques SC, Fonseca AD. Social representations of nurses concerning domestic violence against women: study with a structural approach. Rev Gaúch Enferm. 2018[citado em 2019 jul. 07];39:e61308. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/index.php/RevistaGauchadeEnfermagem/article/view/61308/46578

Nascimento YCML, Breda MZ, Albuquerque MCS. Mental illness: perceptions regarding sufferers' identities. Interface Comum Saúde Educ. 2015[citado em 2019 jul. 17];19(54):479-90. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/icse/v19n54/en_1807-5762-icse-19-54-0479.pdf

Silva NNF, Leal SMC, Trentin D, Vargas MAO, Vargas CP, Vieira LB. Atuação dos enfermeiros da atenção básica a mulheres em situação de violência. Enferm Foco. 2017[citado em 2019 jul. 14];8(3):70-4. Disponível em: http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/1290/403

Frazão MCLO, Pimenta CJL, Lima RJ, Valdevino SC, Silva CRR, Costa KNFM. Violence in women with a diagnosis of depression. REME - Rev Min Enferm. 2019[citado em 2019 jul. 19];23:e-1174. Disponível em: http://www.reme.org.br/artigo/detalhes/1317

Casique LC, Furegato ARF. Violencia perpetrada por compañeros íntimos en mujeres. Index Enferm. 2007[citado em 2020 abr. 20];16(56):17-21. Disponível em: http://scielo.isciii.es/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1132-12962007000100004&lng=en&nrm=iso&tlng=en

Tong A, Sainsbury P, Craig J. Consolidated criteria for reporting qualitative research (COREQ): a 32-item checklist for interviews and focus groups. Int J Qual Health Care. 2007[citado em 2020 abr. 19];19(6):349-57. Disponível em: https://academic.oup.com/intqhc/article/19/6/349/1791966

Bardin L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70; 2011.

Kirk L, Terry S, Lokuge K, Watterson JL. Effectiveness of secondary and tertiary prevention for violence against women in low and low-middle income countries: a systematic review. BMC Public Health. 2017[citado em 2019 mar. 19];17:622. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5496243/pdf/12889_2017_Article_4502.pdf

Santos AG, Veloso C, Lima LaA, Monteiro CFS, Fernandes MA, Feitosa CDA. "Revised Conflict Tactics Scales" como identificadoras da violência por parceiro íntimo contra mulheres: revisão integrativa. Rev Enferm UFPI. 2017[citado em 2019 jan. 17];6(3):65-71. Disponível em: http://www.ojs.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/6233/pdf

Diniz GRS. Trajetórias conjugais e a construção das violências. Psicol Clin. 2017[citado em 2019 jul. 02];29(1):31-41. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/pc/v29n1/a04.pdf

Bernardes JP, Mayorga C. Um estudo sobre intervenções junto a homens autores de violência doméstica contra mulheres. Rev Psicol. 2017[citado em 2019 jul. 11];26(1):133-47. Disponível em: https://scielo.conicyt.cl/pdf/revpsicol/v26n1/07190581-revpsicol-26-01-00133.pdf

Corcoran L, Lane A. Exploring the impact of off the beaten path: Violence, women, and art. Women's Stud Int Forum. 2018[citado em 2019 jan. 17];67:72-9. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0277539517303400

Novisky MA, Peralta RL. When women tell: intimate partner violence and the factors related to police notification. Violence Against Women. 2015[citado em 2019 maio 21];21(1):65-86. Disponível em: http://journals.sagepub.com/doi/pdf/10.1177/1077801214564078

Vian M, Mossmann CP, Falcke D. Repercussões da conjugalidade em sintomas internalizantes e externalizantes em filhos adolescentes. Psicol Teor Prática. 2018[citado em 2020 abr. 24];34:e34431. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ptp/v34/1806-3446-ptp-34-e34431.pdf

Barros CRS, Schraiber LB. Violência por parceiro íntimo no relato de mulheres e de homens usuários de unidades básicas. Rev Saúde Pública. 2017[citado em 2019 maio 21];51(7):1-10. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v51/pt_00348910-rsp-S1518-87872017051006385.pdf

Tetikcok R, Ozer E, Cakir L, Enginyurt O, Iscanli MD, Cankaya S, et al. Violence towards women is a public health problem. J Forensic Leg Med. 2016[citado em 2019 maio 27];44:150-7. Disponível em: https://linkinghub.elsevier.com/retrieve/pii/S1752-928X(16)30131-7

Bittar D, Kohlsdorf M. Ansiedade e depressão em mulheres vítimas de violência doméstica. Psicol Argum. 2013[citado em 2019 maio 21];31(74):447-56. Disponível em: http://www2.pucpr.br/reol/pb/index.php/pa?dd1=12236&dd99=view&dd98=pb

Diaz-Aguado MJ, Martinez R. Types of adolescent male dating violence against women, self-esteem, and justification of dominance and aggression. J Interpers Violence 2015[citado em 2019 maio 21];30(15):2636-58. Disponível em: http://journals.sagepub.com/doi/pdf/10.1177/0886260514553631

Di Giacomo P, Cavallo A, Bagnasco A, Sartini M, Sasso L. Violence against women: knowledge, attitudes and beliefs of nurses and midwives. J Clin Nurs. 2017[citado em 2019 jun. 17];26(15- 16):2307-16. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1111/jocn.13625

Sanz-Barbero B, Otero-García L, Vives-Cases C. Factors associated with women's reporting of intimate partner violence in spain. J Interpers Violence. 2018[citado em 2019 jun. 17];33(15):2402-19. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/26802045/

slam MJ, Broidy L, Baird K, Mazerolle P. Intimate partner violence around the time of pregnancy and postpartum depression: the experience of women of Bangladesh. PLoSOne. 2017[citado em 2019 jun. 17];12(5):e0176211. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5417480/

Publicado

16-10-2020

Como Citar

1.
Frazão MCLO, Viana LR de C, Pimenta CJL, Silva CRR da, Bezerra TA, Ferreira GRS, Costa TF da, Costa KN de FM. Violência praticada por parceiros íntimos a mulheres com depressão. REME Rev Min Enferm. [Internet]. 16º de outubro de 2020 [citado 23º de maio de 2024];24(1). Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/reme/article/view/49936

Edição

Seção

Pesquisa

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.