INTERVENÇÃO EDUCACIONAL NA EXPOSIÇÃO A AGROTÓXICOS: UMA REVISÃO INTEGRATIVA / Educational intervention in exposure to pesticides: an integrative review

Autores

  • Daniel Santos Souza Laboratório de Comunicação Celular IOC/FIOCRUZ
  • Renato Matos Lopes Laboratório de Comunicação Celular IOC/FIOCRUZ
  • Paula Novaes Sarcinelli Laboratório de Toxicologia/CESTEH/ENSP/FIOCRUZ

Palavras-chave:

Agrotóxicos, Intervenção educacional, Revisão integrativa | Pesticides, Educational intervention, Integrative review.

Resumo

This study sought to identify the effectiveness of Educational interventions in reducing exposure to pesticides. An integrative review was made and the selected data categorized and analyzed descriptively in two major thematic groups: Knowledge, Attitudes and Practices (KAP) and Active Community Participation. There is a strong evidence of the effectiveness of Educational interventions in reducing exposure to pesticides in different populations. A long-term analysis and work carried out in one location are needed. The active participation of the community sets as an important way for a critical review of pesticide use. KAP questionnaires are useful to highlight weaknesses in the use of pesticides, pointing out the need for interventions and evaluate their effectiveness.

___

O presente trabalho buscou identificar a eficácia de Intervenções Educacionais na redução da exposição aos agrotóxicos. Foi feita uma revisão integrativa, tendo sido os dados selecionados categorizados e analisados de maneira descritiva em dois grandes grupos temáticos: Conhecimentos, Atitudes e Práticas (KAP) e Participação Ativa da Comunidade. Existem evidências fortes da eficácia de Intervenções Educacionais na redução da exposição aos agrotóxicos em diferentes populações. Uma análise em longo prazo e de trabalhos realizados em um mesmo local se fazem necessários. A participação ativa da comunidade configura como importante caminho para uma revisão crítica do uso de agrotóxicos. Questionários KAP são úteis para destacar fragilidades em relação ao uso de agrotóxicos, apontar a necessidade de intervenções e avaliar suas efetividades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Santos Souza, Laboratório de Comunicação Celular IOC/FIOCRUZ

Doutorando em Saúde Pública e Meio Ambiente, Mestre em Saúde Pública e Especialista em Politicas Públicas da saúde, todos pela Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), Licenciado em Ciências Biológicas pela UFRJ. Pesquisador em Saúde Pública do Laboratório de Formação Geral e Educação Profissional em Saúde (LABFORM) e do Laboratório de Educação Profissional em Técnicas Laboratoriais em Saúde (LATEC) da EPSJV - FIOCRUZ.

Renato Matos Lopes, Laboratório de Comunicação Celular IOC/FIOCRUZ

Licenciado em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1996), Mestre em Agroquímica pela Universidade Federal de Viçosa (2001) e Doutor em Biologia (Biociências Nucleares) pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2005). Atualmente é Pesquisador em Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz, onde desenvolve atividades de docência e pesquisas no Ensino em Biociências e Saúde no Laboratório de Comunicação Celular do Instituto Oswaldo Cruz (IOC).

Paula Novaes Sarcinelli, Laboratório de Toxicologia/CESTEH/ENSP/FIOCRUZ

Doutora em Biologia Celular e Molecular pela Fiocruz, Mestre em Farmacocinética e Metabolismo de Medicamentos pela Université Paris- Sud, Graduada em Farmácia Industrial pela UFRJ. Professora do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública e Meio Ambiente da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) e Tecnologista Sênior da FIOCRUZ. 

Downloads

Publicado

2016-03-03

Como Citar

SOUZA, D. S.; LOPES, R. M.; SARCINELLI, P. N. INTERVENÇÃO EDUCACIONAL NA EXPOSIÇÃO A AGROTÓXICOS: UMA REVISÃO INTEGRATIVA / Educational intervention in exposure to pesticides: an integrative review. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 24, n. 2, p. 247–265, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/9441. Acesso em: 17 out. 2021.

Edição

Seção

ARTIGOS