A Teoria da Constituição Brasileira

Processo Constituinte e a Legitimidade da Constituição − Homenagem a Menelick de Carvalho Netto nos 30 anos da Constituição da República Federativa do Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2525-8036.2018.5123

Palavras-chave:

Teoria da Constituição brasileira, Menelick de Carvalho Netto, História constitucional, Poder constituinte, Democracia

Resumo

Ao analisarmos a pesquisa e ensino do direito constitucional no Brasil às vésperas do trigésimo aniversário de nossa constituição, certamente chegaremos à conclusão de que o pensamento de Menelick de Carvalho Netto ocupa um lugar de destaque. Dono de uma obra dispersa, o constitucionalista mineiro influenciou e influencia gerações de pesquisadores e pesquisadoras que, ou ocupam lugares de destaque na academia brasileira, ou aspiram um dia ocupá-los. Não muito adepto à prática da escrita e publicação, é demasiado difícil localizar com precisão o local de partida e a chegada de suas abordagens, seu pensamento encontra-se espraiado em páginas publicadas em periódicos jurídicos, em prefácios a livros há muito esgotados, em traduções que circulam clandestinamente as faculdades de direito (REZENDE, 2017, p. 184) e, sobretudo, na formação e no amadurecer teorético de seus orientandos e orientandas. É a partir de seus textos e ensinamentos em sala de aula que abordaremos questões acerca do processo constituinte e a legitimidade de nossa constituição.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Felipe Vinícius Capareli, Universidade Federal de Lavras

Graduando em Direito na Universidade Federal de Lavras, atualmente é aluno em mobilidade acadêmica na Faculdade de Direito da Universidade de Brasilia

Referências

CARVALHO NETTO, Menelick de. A Constituição da Europa. In: SAMPAIO, José Adércio Leite (coord.). Crise e desafios da Constituição: Perspectivas críticas da teoria e das práticas constitucionais brasileiras. Belo Horizonte: Del Rey, 2004, pp. 281-290.

CARVALHO NETTO, Menelick de. A contribuição do direito administrativo enfocado da ótica do administrado para uma reflexão acerca dos fundamentos do controle de constitucionalidade das leis no Brasil: um pequeno exercício de teoria da constituição.Rev. TST, Brasília, vol 68, nº2, abr/jun 2002. pp. 73.

CARVALHO NETTO, Menelick de. A hermenêutica Constitucional e os desafios postos aos direitos fundamentais. In: SAMPAIO, José Adércio Leite (coord.) Jurisdição Constitucional e direitos fundamentais. Belo Horizonte: Del Rey, 2003, pp. 141-164.

CARVALHO NETTO, Menelick de. A revisão constitucional e a cidadania: a legitimidade do poder constituinte que deu origem à Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 e as potencialidades do poder revisional nela previsto. Revista do Ministério Público Estadual doMaranhão, n.º 9, jan/dez. de 2002, pp. 5-50.

CARVALHO NETTO, Menelick de. Requisitos Pragmáticos da interpretação jurídica sob o paradigma do Estado Democrático de Direito.Revista Brasileira de Direito Comparado, Belo Horizonte, v.3, pp. 473-486, 1999.

CARVALHO NETTO, Menelick de; SCOTTI, Guilherme. Os Direitos Fundamentais e a (In) certeza do Direito –A produtividade das tensões principiológicas e a superação do sistema de regras. Belo Horizonte: Editora Fórum, 2011.

CATTONI DE OLIVEIRA, Marcelo Andrade. Teoria da Constituição.Belo Horizonte: Initia Via, 2012.

CATTONI, Marcelo. Democracia sem espera e processo de constitucionalização: uma crítica aos discursos oficiais sobre a chamada "transição política brasileira".Revista Anistia Política e Justiça de Transição, v. 3, pp. 200-229, 2010.

CATTONI, Marcelo. O tempo da Constituição: a legitimidade da Constituição entre o direito e a política vinte anos depois. In. Uma homenagem aos 20 anos de constituição brasileira. / Júlio Pinheiro Faro Homem de Siqueira; Bruno Costa Teixeira ( coordenadores). Florianópolis: Fundação Boiteux, 2008. pp. 1-29.

CATTONI, Marcelo; GOMES, D.F.L. História e Tempo presente: O debate constituinte brasileiro nas décadas de 1980-1990 e a atual proposta de uma nova assembleia constituinte.In: Revista Culturas Jurídicas, Vol. 3, Núm. 6, 2016.

HABERMAS,Jürgen, Constitutional democracy: a paradoxical union of contradictory principles?Political Theory, v.29, n.6, dec.2001, pp. 766-781.

HABERMAS,Jürgen, Facticidad y Validez: Sobre el Derecho y el Estado Democrático de Derecho em términos de Teoria Del Discurso. Trad. Manuel Jiménez Redondo. Madrid: TROTA, 1998.

HABERMAS, Jurgen. A inclusão do outro: estudos sobre teoria política. Trad Gorge Sperber e Paulo Astor Soethe. São Paulo: Loyola, 2002.

HABERMAS, Jurgen. Direito e democracia: entre facticidade e validade.Vol 1. Rio de Janeiro: Tempo brasileiro, 2010.

LOEWENSTEIN, Karl. Teoria de La Constitución. Trad. Alfredo Gallego Anabitarte. Barcelona: Ariel, 1976.

Revice-RevistadeCiênciasdoEstado, BeloHorizonte |v.3,n.2.2018| p.196-214214

LUHMANN, Niklas. A constituição como aquisição evolutivain. Journal. Vol. IX, 1990, pp. 176 a 220, cotejada com a tradução italiana de F. Fiore “La costituzione come acquisizione evolutiva”. In: ZAGREBELSKY, Gustavo. PORTINARO, Pier Paolo.

LUTHER, Jörg. Il Futuro della Costituzione. Torino: Einaudi, 1996; tradução: Menelick de Carvalho Netto, Giancarlo Corsi e Raffaele De Giorgi.

LUHMANN, Niklas. O direito da sociedade. Trad. Saulo Krieger. –São Paulo: Martins Fontes –selo Martins, 2016.

MÜLLER, Friedrich. Quem é o povo?São Paulo: Max Limonad, 1998.

MÜLLER, Friedrich. Teoria estruturante do direito. Trad. Peter Naumann e Eurides Avance de Souza. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2008.

NEVES, Marcelo. A constitucionalização simbólica.São Paulo: Martins Fontes, 2007.

REPOLÊS, Maria Fernanda Salcêdo. Habermas e a desobediência civil.Belo horizonte: Mandamentos, 2003.

REZENDE, Gabriel. A máquina de Menelick.In. Revista de Estudos Constitucionais, Hermenêutica e Teoria do Direito, v.9, n.2 ,2017.

ROSENFELD, Michel.A identidade do sujeito constitucional. Trad. Menelick de Carvalho Netto. Belo Horizonte: Mandamentos, 2003.

Downloads

Publicado

2018-10-05

Como Citar

CAPARELI, F. V. A Teoria da Constituição Brasileira: Processo Constituinte e a Legitimidade da Constituição − Homenagem a Menelick de Carvalho Netto nos 30 anos da Constituição da República Federativa do Brasil. Revista de Ciências do Estado, Belo Horizonte, v. 3, n. 2, p. 196–214, 2018. DOI: 10.35699/2525-8036.2018.5123. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revice/article/view/e5123. Acesso em: 7 jul. 2022.