Dispersos em tempos de economia da atenção

a tecnologia e nós

Autores

  • Ana Carolina Cortez Noronha Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras, Departamento de Estudos Linguísticos e Literários, Assis, SP, Brasil https://orcid.org/0000-0002-4045-677X

DOI:

https://doi.org/10.1590/1983-3652.2024.47843

Palavras-chave:

Tecnologia e Educação, Atenção, Economia da informação, Hiperconectividade

Resumo

Este ensaio tem por objetivo trazer algumas reflexões sobre os efeitos do uso exacerbado da tecnologia nos dias de hoje e sobre o modo como isso afeta os sujeitos contemporâneos e sua capacidade de raciocínio complexo e de aprendizagem dentro e fora da escola. Essas reflexões se assentam sobre questões situadas na intersecção entre tecnologia e ciências humanas, como a superestimulação e a continuidade trazidas pelo uso das tecnologias digitais que se chocam com a necessidade de quietude e desaceleração para a aprendizagem e o raciocínio complexo. A intensificação do uso das tecnologias digitais que vivemos afeta o funcionamento do cérebro e dispersa a atenção, apontada como o principal ativo contemporâneo – donde o termo “economia da atenção” surge para substituir o de "economia da informação". Reflete-se também sobre qual o papel da escola no direcionamento de seus alunos quanto a essa mudança de paradigma.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARENDT, Hannah. A crise da educação. In: ARENDT, Hannah (ed.). Entre o passado e o futuro. Tradução: Mauro W. Barbosa. São Paulo: Perspectiva, 2014.

BBC NEWS MUNDO. O que é a leitura profunda e por que ela faz bem para o cérebro. 2021. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/geral-59121175. Acesso em: ago. 2023.

CARR, Nicholas. The Shallows: How the Internet is Changing the Way We Think, Read and Remember. London: Atlantic Books, 2010.

CITTON, Yves. L’économie de l’attention. RDL, n. 11, mai–juin, 2013. Disponível em: https://www.yvescitton.net/wp-content/uploads/2013/10/Citton-EconomieAttention-RdL-11-2013.pdf. Acesso em: ago. 2023.

CRARY, Jonathan. On the Ends of Sleep: Shadows in the Glare of a 24/7 World. 2007. Disponível em: https://www.librarystack.org/on-the-ends-of-sleep-shadows-in-the-glare-of-a-247-world/. Acesso em: fev. 2023.

LASH, Scott. Formas tecnológicas de vida. Rev. Estudos de Sociologia, v. 8, n. 1, 2012. Traduzido por Jonathas Ferreira.

NORONHA, Ana C. C. Considerações semióticas sobre o uso da tecnologia digital em salas de aula. Estudos Semióticos, v. 15, n. 2, p. 280–291, 2019. DOI: 10.11606/issn.1980-4016.esse.2019.159675.

NORONHA, Ana C. C. Semiótica, Educação e o uso da tecnologia digital em sala de aula. 2020. Tese – Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo, São Paulo.

PANG, Alex Soojung-Kim. The Distraction Addiction: Getting the Information You Need and the Communication You Want, Without Enraging Your Family, Annoying Your Colleagues, and Destroying Your Soul. [S. l.]: Little Brown e Company, 2013.

SIBILIA, Paula. Redes ou Paredes: Escola em tempos de dispersão. Rio de Janeiro: Contraponto, 2012.

SIBILIA, Paula. O mal-estar do ilimitado. In: FEPAL. FRONTERAS: 33o Congresso Latino-Americano de Psicanálise. [S. l.: s. n.], 2020.

WOLF, Maryanne. Reader, Come Home: The Reading Brain in a Digital World. New York: Harper Paperback, 2019.

Downloads

Publicado

08-03-2024

Como Citar

NORONHA, A. C. C. Dispersos em tempos de economia da atenção: a tecnologia e nós. Texto Livre, Belo Horizonte-MG, v. 17, p. e47843, 2024. DOI: 10.1590/1983-3652.2024.47843. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/textolivre/article/view/47843. Acesso em: 29 maio. 2024.