ARCO DA PROBLEMATIZAÇÃO PARA PLANEJAMENTO EDUCATIVO EM SAÚDE NA PERCEPÇÃO DE ESTUDANTES DE ENFERMAGEM

Autores

Palavras-chave:

Ensino de enfermagem, Planejamento em saúde, Educação em saúde.

Resumo

O estudo objetivou desvelar a percepção de acadêmicos de enfermagem frente à utilização do Arco da Problematização no ensino de planejamento educativo em saúde. Trata-se de um estudo descritivo, com abordagem qualitativa, realizado com 15 estudantes de graduação em enfermagem, desenvolvido em universidade pública da região Norte do Brasil no ano de 2019. A disciplina pesquisada faz parte do segundo ano do curso de enfermagem e tem como foco o desenvolvimento de educação em saúde. A coleta de dados foi por meio de entrevista semiestruturada com roteiro de questões norteadoras. Estas foram agendadas e realizadas no período de abril a maio de 2019. Para análise dos dados utilizou-se a técnica das comparações constantes da Teoria Fundamentada nos Dados separando, conceituando e interligando os dados entre si por meio das codificações aberta e axial. Esse processo foi desenvolvido com o auxílio da versão trial do programa Atlas TI®. O estudo foi submetido e aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa. Emergiram da análise três categorias: Compreensão sobre Metodologia Ativa e o Arco de Maguerez; Planejamento Educativo em Saúde: conhecimento e experiência; e Arco de Maguerez no ensino de planejamento educativo em saúde. Os estudantes compreendem e percebem o Arco de Maguerez como estratégia elegível ao planejamento educativo em saúde, pois admitem relação entre as ferramentas e consideram que o arco propõe relações democráticas de ensino-aprendizagem, valoriza conhecimentos prévios e dialoga com a realidade do público-alvo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Geyse Aline Rodrigues Dias, Universidade Federal do Pará

Enfermeira. Mestre. Professora Adjunta da Universidade Federal do Pará.

Márcia Maria Bragança Lopes, Universidade Federal do Pará

Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela UFSC.

Arquivos adicionais

Publicado

2022-07-05

Edição

Seção

Artigos