Pesquisas brasileiras sobre a experimentação no ensino de Ciências e Biologia: diálogos com referenciais do conhecimento escolar

Autores

  • Alexandre Alberto Queiroz de Oliveira Universidade Federal Fluminense
  • Mariana Cassab Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Sandra Escovedo Selles Universidade Federal Fluminense

Palavras-chave:

Experimentação, ensino de ciências, ensino de biologia

Resumo

 

Este trabalho objetiva discutir a produção de pesquisadores brasileiros acerca da experimentação no ensino de Ciências e Biologia, procurando identificar e compreender não apenas que aspectos e dimensões vêm sendo destacados e privilegiados em suas pesquisas como também quais as lacunas ainda existem. A pesquisa analisou um conjunto representativo de 15 artigos publicados em 8 revistas no período de 1990 a 2009. Os trabalhos apresentaram uma distribuição relativamente instável em termos de quantidade de artigos dedicados ao tema ao longo do período analisado, havendo um discreto aumento em 2007 e 2008. A maior parte dos trabalhos está vinculada a pesquisas no Ensino Fundamental e analisa a experimentação a partir de referenciais cognitivistas. Nenhum dos estudos se apropria dos referenciais de cultura escolar e de conhecimento escolar, embora aproximadamente metade dos artigos explicite a existência de diferenças entre a experimentação didática e a experimentação científica.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-02-26

Como Citar

Oliveira, A. A. Q. de, Cassab, M., & Selles, S. E. (2013). Pesquisas brasileiras sobre a experimentação no ensino de Ciências e Biologia: diálogos com referenciais do conhecimento escolar. Revista Brasileira De Pesquisa Em Educação Em Ciências, 12(2), 183–209. Recuperado de https://periodicos.ufmg.br/index.php/rbpec/article/view/4237

Edição

Seção

Artigos