A dança no Ensino Médio Integrado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA)

Um estudo de caso

Autores

  • Roselia Lobato Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), São Luis, Brasil
  • Lúcia Matos Universidade Federal da Bahia (UFBA), Salvador, Brasil http://orcid.org/0000-0001-9760-9231

Palavras-chave:

Dança, Ensino Médio Integrado, Educação profissional técnica

Resumo

Este artigo discute a inserção da Dança como componente curricular obrigatório nos cursos técnicos integrados do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA). Trata-se de uma pesquisa qualitativa, configurada como estudo de caso (YIN, 2015), que apresenta uma análise das percepções de estudantes de três cursos técnicos sobre a disciplina Arte/Dança. Discutem-se as transformações da educação profissional no Brasil, bem como perspectivas legais e teóricas sobre as abordagens de politecnia e do ensino da arte/dança nesse nível educacional. Os resultados revelam a contribuição da inserção da dança na educação profissional técnica na modalidade integrada.

Biografia do Autor

Roselia Lobato Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), São Luis, Brasil

Mestre em Dança pelo PPGDança - UFBA (bolsa FAPEMA). Professora de Dança no IFMA. Membro do Grupo de Pesquisa PROCEDA - Políticas e Processos Corporeográficos e Educacionais em Dança (CNPq).

Lúcia Matos, Universidade Federal da Bahia (UFBA), Salvador, Brasil

Professora e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Dança  e da Licenciatura em Dança - UFBA. Líder do Grupo de Pesquisa PROCEDA - Políticas e Processos Corporeográficos e Educacionais em Dança (CNPq).

Referências

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC): Ensino Médio. Brasília: MEC, 2018.

______. Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio - PCNEM. Brasília: MEC/SEMT, 2000. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br>. Acesso em: 9 set. 2016.

______. Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrado ao Ensino Médio. Brasília, DF, 2007.

FERRAZ, Maria Heloísa Correia de Toledo. Arte na educação escolar. 4. ed. São Paulo. Cortez, 2010.

FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATTA, Maria; RAMOS, Marise. A gênese do Decreto no 5.154/2004: um debate no contexto controverso da democracia restrita. In: FRIGOTTO, G.;

CIAVATTA, M.; RAMOS, M. Ensino médio integrado: concepções e contradições. 3. ed. São Paulo: Cortez. Cap. 1, p. 21-56, 2012.

GALEFFI, Dante. O rigor nas pesquisas qualitativas: uma abordagem fenomenológica em chave transdisciplinar. In: MACEDO, R. S.: GALEFFI, D.; PIMENTEL, A. Um rigor outro: sobre a questão da qualidade na pesquisa qualitativa: educação e ciências humanas. 1. ed. Salvador: EDUFBA. Cap. 1, p.13-73, 2009.

MATOS, Lúcia. A formação de artistas-docentes de Dança: espaço de incertezas e de ação

compartilhada e política. VI CONGRESSO DE PESQUISA E PÓS GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS. 2010. Disponível em: <http://www.portalabrace.org/vicongresso/dancacorpo/Lucia

%20Matos%20-%20A%20formacao%20de%20artistas%20docentes%20de%20dan %E7a.pdf>. Acesso em: 12 mar. 2017.

MOURA, Dante H. Educação básica e educação profissional e tecnológica: dualidade

histórica e perspectiva de integração. REVISTA HOLOS, v.2, p.4-30, Rio Grande do Norte, 2007. Disponível em: <http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/view/11>. Acesso em: 25 jun. 2016.

NAJMANOVICH, Denise. O sujeito encarnado: questões para a pesquisa no / do cotidiano.

Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

PENNA, Maura (Coord.). O dito e o feito: política educacional e arte no ensino médio. João

Pessoa: Manufatura, 2003.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Para além do pensamento abissal: das linhas globais a uma ecologia dos saberes. In: SANTOS, Boaventura; MENESES, M. (Org.). Epistemologias do Sul. 1. ed. São Paulo: Cortez, p. 31-83, 2010.

SAVIANI, Demerval. História das ideias pedagógicas no Brasil. Campinas: Autores Associados, 2007.

______. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. REV. BRAS. EDUC., Rio de Janeiro, v. 12, n. 34, p. 152-165, Apr. 2007. 2007b. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413 4782007000100012&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 28 jun. 2016.

STRAZZACAPPA, Márcia. Dançando na chuva... e no chão de cimento. In: FERREIRA, Sueli Org.). O ensino das artes: construindo caminhos. São Paulo: Papiros, 2001.

TOURINHO, Irene. Transformações no ensino da Arte: algumas questões para uma reflexão

conjunta. In: BARBOSA, Ana Mae (Org.). Inquietações e Mudanças no ensino da arte. 7. ed.

São Paulo: Cortez, p. 28, 2012.

YIN, Robert K. Estudo de caso-planejamento e método. 2. ed. Porto Alegre. Bookman, 2015.

Downloads

Publicado

2018-11-29

Como Citar

SILVA, R. L.; MATOS, L. A dança no Ensino Médio Integrado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA): Um estudo de caso. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, [S. l.], v. 8, n. 16, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/15599. Acesso em: 5 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos - Seção temática