CONSIDERAÇÕES SOBRE A MOSTRA THE STATIONS OF THE CROSS

LEMA SABACHTANI, DE BARNETT NEWMAN

Autores

  • Vera Pugliese Universidade de Brasília (UNB), Brasil

Palavras-chave:

Barnett Newman, Pathosformeln, processo poético

Resumo

O artigo entrecruza discursos de diferentes naturezas sobre a mostra The Stations of the Cross. Lema sabachtani de Barnett Newman (1966). O trabalho tem como hipótese que seu gesto poético tenha sido deslocado para o processo de formação de suas obras em aproximação com o conceito warburguiano de Pathosformeln, ainda que envolvendo a abstração, o que permite colocar a recepção da mostra pela crítica em outra perspectiva.

Biografia do Autor

Vera Pugliese, Universidade de Brasília (UNB), Brasil

É Professora Adjunta 2 na Área de Teoria e História da Arte do Departamento de Artes Visuais do Instituto de Artes da Universidade de Brasília (desde 2010), atuando também na Pós-Graduação. Coordena o Laboratório de Teoria e História da Arte - LaTHA/VIS/IdA/UnB. Doutora e Mestre em Arte Contemporânea na Linha de Pesquisa Teoria e História da Arte (PPGArte-VIS/IdA/UnB), lecionou em universidades em São Paulo e Brasília desde 1993.

Referências

ALLOWAY, Stations of the Cross. Lema Sabachtani. Catálogo, The Guggenheim R. Solomon Museum, 1966.

BESANÇON, A. Imagem proibida. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1997.

BOIS, Y.-A. Pintura como modelo. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

DIDI-HUBERMAN, G. L´Image Survivante. Paris: Minuit, 2002.

DIDI-HUBERMAN, G. L’Image ouverte. Paris: Gallimard, 2007.

EFAL, A. Warburg’s “Pathos Formula”. In: Assaph-Studies in Art History, n. 5, 2001. Disponível: http://www5.tau.ac.il/arts/departments/images/stories/journals/arthistory/Assaph5/13adiefal.pdf. Acesso: 15/03/2010.

GODFREY, M. Barnett Newman’s ‘Stations of the Cross’ and the Memory of the Holocaust. In: HO, M. (org.) Reconsidering Barnett Newman. Philadelphia: The Philadelphia Museum of Art. 2002, p. 46-66.

GOMBRICH, E. Aby Warburg: An intellectual biography. London: The Warburg Institute, 1970.

HESS, T. Barnett Newman. New York: Walker, 1971.

KANT, I. Crítica da Faculdade do Juízo. São Paulo: Forense, 2ª ed., 2002.

LEVY-BRUHL, L. A mentalidade primitiva. São Paulo: Paulus, 2008.

LYOTARD, J.-F. Barnett Newman – O instante. In: Revista Gávea, Rio de. Janeiro: PUC-RIO, n. 4, jan, 1987, p. 83-94.

_________. O pós-moderno explicado às crianças. 2ª ed. Lisboa: Dom Quixote, 1993.

NEWMAN, B. Statement. In: The Stations of the Cross. Catálogo. New York: The Guggenheim R. Solomon Museum, 1966, p. 9.

NEWMAN, B. Barnett Newman: selected writings and interviews. Los Angeles: University of California Press, 1990.

PANOFSKY, E. Significado nas Artes Visuais. São Paulo: Perspectiva, 1979.

PANOFSKY, E. Estudos de Iconologia. Lisboa: Estampa, 1986.

PAYOT, G. Unimente – Barnett Newman: a arte abstrata e o significado. In: HUCHET, S. Fragmentos de uma teoria da arte. São Paulo: EDUSP, 2012, p. 263-287.

PUGLIESE, V. Os Sudários de Bené Fonteles, O Chemin de la Croix de Henri Matisse e as Stations of the Cross de Barnett Newman: pathos e anacronismo na Historiografia da Arte. 2013. Tese (Doutorado) – Departamento de Artes Visuais, Instituto de Artes, Universidade de Brasília, 2013.

REISE, B. The Stance of Barnett Newman. In: Studio International, 179, no. 919, February 1970, p. 49-63.

ROSENBERG, H. Barnett Newman. New York: Abrams, 1978.

SHIFF, R. To Create Oneself. In: SHIFF, R (Org.). Barnett Newman: A Catalogue Raisonné. New York: The B. Newman Foundation / Yale University Press, 2004, p. 2-115.

TEMKIN, A. Barnett Newman on Exhibition. In: TEMKIN, A. (Ed.) Barnett Newman. Philadelphia: Philadelphia Museum of Art / Yale University Press, 2002, p. 18-75.

TEMKIN, A.; PENN, S.; HO, M. Catalogue. In: TEMKIN, A. (Ed.) Barnett Newman. Philadelphia: Philadelphia Museum of Art / Yale University Press, 2002, p. 112-315.

WARBURG, A. Atlas Mnemosyne. Madrid: Akal Ediciones, 2010.

WARBURG, A. The Renewal of Pagan Antiquity. Los Angeles: Getty Fondation, 1999.

Downloads

Publicado

2016-11-01

Como Citar

PUGLIESE, V. CONSIDERAÇÕES SOBRE A MOSTRA THE STATIONS OF THE CROSS: LEMA SABACHTANI, DE BARNETT NEWMAN. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, [S. l.], p. 266–286, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/15752. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos - Seção aberta