As primeiras fábricas de papel na cidade do Rio de Janeiro no século XIX

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2021.25766

Palavras-chave:

Fábricas de papel, Papel brasileiro, Fibras nativas

Resumo

Este artigo busca um entendimento cronológico do desenvolvimento da indústria de papel e de sua matéria-prima na cidade do Rio de Janeiro, no século XIX. Por meio de fontes primárias de pesquisa e de levantamentos em jornais e livros publicados no período, foi possível identificar alguns empreendedores e confirmar a participação do Governo Imperial no impulsionamento desta indústria. Contudo, essas fábricas foram impactadas por inúmeras dificuldades de um país em transformação e em fase de consolidação política e econômica, refletindo no seu desempenho, produção e investimento na pesquisa e uso de fibras nativas brasileiras, na tentativa de substituição das fibras de trapo importadas da Europa. Os avanços foram poucos no período, no entanto, encorajaram outros investimentos papeleiros no Brasil.

Referências

ALCANTARA, J. J. de. Planta da cidade de S. Sebastião do Rio de Janeiro e da maior parte de seus termos: começada a levantar em 1826 e interrompida desde 1828 pelos officiais empregados no Archivo Militar da Corte. Rio de Janeiro: Archivo Militar da Corte, 1842. 1 mapa. Escala em 1.000 braças. : desenho em nanquin, aquarelado.

ALVARÁ de 28 de abril de 1809. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/alvara/anterioresa1824/alvara-40051-28-abril-1809-571629-publicacaooriginal-94774-pe.html . Acesso em: 25 de setembro, 2020.

AO publico. Jornal do Commercio, Rio de Janeiro, n. 283, p. 1-2, 17 out. 1845a. Suplemento.

AO publico. Jornal do Commercio, Rio de Janeiro, n. 287, p. 1, 21 out. 1845b.

ARQUIVO NACIONAL (Brasil). Coordenação de Documentos Escritos. Equipe de Documentos do Executivo e Legislativo. Coleção Privilégios Industriais (PI): inventário analítico – conteúdo por notação. 2ª. ed. rev. Rio de Janeiro, p. 8, 2013.

ASSEMBLÉA Geral Legislativa (sessão de 1847), sessão imperial da abertura da Assembléa Geral Legislativa, no dia 3 de maio de 1847. Annuario Político Histórico e Estatístico do Brazil, Rio de Janeiro, ano 2, p. 32, 1847.

ASSEMBLEIA Geral Legislativa. Senado. Diario do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, anno 38, n. 127, p. 2, 12 maio 1858.

AVISOS. Gazeta do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, p.4, 1 fev. 1817.

AVISOS. Gazeta do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, p.4, 4 abr. 1818.

BRASIL. Decreto nº 357, 27 de abril de 1844. Regulamenta a extração das Loterias. S.l.: Senado Federal, 1844.

CÂMARA dos Senhores Senadores: acta de 17 junho de 1839. Presidência do Sr. Diogo Antonio Feijó. O Despertador, Rio de Janeiro, p. 1, 18 jun. 1839.

CAMARA Municipal, 11ª. sessão em 6 de março de 1849. Diario do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, anno 28, n. 8073, p. 5, 18 abr. 1849. Suplemento.

CAVALCANTI, João Cruvelo. Nova numeração dos prédios da cidade do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Oficinas Gráficas do Depto de Impressa Oficial da Secret. Municipal de Administração, 1878. 2 v. (Coleção Memória do Rio 6, I-II)

CAVALCANTI, Nireu Oliveira. O Rio de Janeiro setecentista: a vida e a construção da cidade da invasão francesa até a chegada da Corte. Rio de Janeiro: Zahar, 2004.

CENTRO dos Fabricantes Nacionais de Papel. A marca d’água no papel da imprensa e a indústria nacional de papel. São Paulo: Melhoramentos, [1926?]. Disponível em: https://archive.org/details/marcadagua00papel/page/40/mode/2up . Acesso em: 25 de setembro, 2020.

COLLECÇÃO das Leis e Resoluções da Assemblea Legislativa da Bahia, sancionadas e publicadas nos anos de 1840 e 1841. v. III, contendo 118 e 152. Bahia: Typogr. de Antonio Ollavo da França Guerra, 1862.

CORRESPONDENCIA. O Moderador, novo correio do Brasil, jornal político, commercial e litterario, Rio de Janeiro, p. 4, 5 maio 1830.

DAS materias vegetaes, indigenas e exóticas, próprias para fabricar tecidos e papel, cordas cabos e outros usos. O Auxiliador da Indústria Nacional, Rio de Janeiro, n.12, p. 459-468, dez. 1864.

FALLECIMENTO. Diário do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, anno 24, n. 14, p. 1, 14 jan. 1855.

FAVOR á indústria. O Chronista, Rio de Janeiro, n. 229, p. 916, 13 set. 1838. Disponível em: http://memoria.bn.br/pdf/702811/per702811_1838_00229.pdf. Acesso em 25 set. 2020.

FERREZ, Gilberto. Os irmãos Ferrez da missão artística francesa. Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, Rio de Janeiro, v. 275, p. 3-54, abr./jun. 1967.

FREITAS, Dr. Antonio de Paula; LIMA, João Franklin de Alencar. Sala das sessões da Sociedade Auxiliadora da Industria Nacional, em 12 de agosto de 1878. O Auxiliador da Indústria Nacional, Rio de Janeiro, n.10, p. 4, out. 1878.

LEI de 28 de agosto de 1830: concede privilégio ao que descobrir, inventar ou melhorar uma industria útil e um premio que introduzir uma industria estrangeira e regula sua concessão. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/LIM/LIM-28-8-1830.htm . Acesso em: 25 de setembro, 2020.

LORENA, Bernardo José de. [correspondencia]. Destinatário: para o Conde de Linhares: Vila Rica, 20 de nov, 1799. 1 carta. Arquivo Histórico Ultramarino. Anexo: carta (2ª via). Nº de inventário no catálogo: 11099 AHU-Minas Gerais, cx.151, doc. 16 - AHU_CU_011, cx. 154, D.11357.

LORENA, Bernardo José de. [correspondencia]. Destinatário: para o Conde de Linhares: Vila Rica, 15 de Nov. 1800. 1 carta. Arquivo Histórico Ultramarino. Anexo: relação. Nº de inventário no catálogo: 11382 AHU-Minas Gerais, cx.154, doc.44. AHU_CU_011, cx. 154, D.11593

LORENA, Bernardo José de. [correspondencia]. Destinatário: para o Conde de Linhares: Vila Rica, 30 de jan. 1801. 1 carta. Arquivo Histórico Ultramarino. Anexo: relações, carta (2ª via). Nº de inventário no catálogo: 11676 AHU-Minas Gerais, cx, 156, doc. 22 - AHU_CU_011, Cx. 156, D.11713.

MINISTERIO da Agric., Comm. E Obra. Publ. Boletim do Expediente do Governo [do] Ministério do Império, Rio de Janeiro, n. 30, p. 24-25, 28 jan. 1862a.

MINISTERIO da Fazenda. Boletim do Expediente do Governo, Rio de Janeiro, t. 37, p. 9-10, 19 ago. 1862b.

MINISTERIO da Fazenda, expediente do dia 7 de fevereiro de 1839. Correio Official, Rio de Janeiro, v. 1, n. 86, p. 142, 13 fev. 1839.

MINISTERIO da Fazenda, Correio Official, Rio de Janeiro, v.1, n. 59, p. 234, 12 mar. 1840.

MINISTERIO do Império, Correio Official: in medio posita virtus, Rio de Janeiro, t.1, n. 99, p. 4, 24 out. 1833.

NOT. particulares. Diário do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, anno 24, n. 6912, p. 4, 14 maio 1845.

NOTICIAS particulares. Diário do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, anno 18, n. 192, p. 4, 29 ago. 1839.

O ALVARÁ do império nº de 01 de abril de 1808. Permitte o livre estabelecimento de fabricas e manufacturas no Estado do Brazil. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/atos/alv/1808/alv-1-4-1808.html. Acesso em: 25 de setembro, 2020.

O ALVARÁ que proibe as fábricas e manufaturas no Brasil. Arquivo Nacional e a História Luso-Brasileira, 21 jun. 2018. Disponível em:http://historiacolonial.arquivonacional.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=3674&catid=145&Itemid=286 . Acesso em 25 set. 2020.

O DIARIO: 1 de janeiro. Diário do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, anno 28, n. 7982, p. 3, 2 jan. 1849.

O PARLAMENTAR impresso em papel nacional. O Parlamentar, Rio de Janeiro, p. 93, 12 set. 1838.

PLANTA da Cidade do Rio de Janeiro. Trab. do Engenheiro A. Santana, s. l., 5 de abril de 1870. Arquivo Nacional. Fundo do Minist. da Agricultura, Comércio e Obras Públicas. Documento dividido em partes [pranchas coloridas], f. 87. Código de referência: BR-RJANRIO-4M-0-MAP-0118-f-87

PLANTA da muito leal e heroica cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro. Desenhada por Jonh Edgar Ker. Paris: Garnier, 1852. 1 planta; 73 x 105 cm, escala 1:8.400.

PUBLICAÇOES do Foro. Arrematações judiciarias. Correio Mercantil, Rio de Janeiro, anno 14, n. 82, p. 2, 4 out. 1857.

QUINTA-FEIRA. Diario do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, n.39, p. 3, 8 fev. 1854.

RELATORIO da Repartição dos Negócios do Império. Rio de Janeiro: Typographia Nacional, 1847. p. 27-28

RELATORIO da Repartição dos Negócios do Império, apresentado à Assembleia Geral Legislativa, na 1ª sessão da 7ª legislatura. Rio de Janeiro: Typographia Nacional, 1848. p. 28

RELATORIO da Repartição dos Negócios do Império, apresentado à Assembleia Geral Legislativa, na 1ª sessão da 10ª legislatura. Rio de Janeiro: Typographia imperial constitucional de J. Villeneuve, 1857. p. 116

REPRESENTAÇÃO de Manoel Machado de Coelho e outros, proprietários das fábricas de estamparia e papel a S.M.I., solicitando isenção de impostos para compra de fazendas e tintas estrangeiras e incentivo da utilização de mão de obra para o desenvolvimento da indústria no país. [Rio de Janeiro], [1823], 7 p. Documento 41.

Biblioteca Nacional. Setor de Manuscritos: mss1427854 II-34,27,026. Disponível em:

http://objdigital.bn.br/objdigital2/acervo_digital/div_manuscritos/mss1427854/mss1427854.pdf. Acesso em: 25 de setembro, 2020.

RIO de Janeiro. Assembléia Geral Legislativa. Senado, sessão em 26 de setembro. Jornal do Commercio, Rio de Janeiro, anno 13, n.215, p. 1, 27 set. 1838a.

RIO de Janeiro: Câmara dos Deputados, sessão de 3 de setembro. Diário do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, anno 17, n. 198, p. 1, 4 set. 1838b.

RIO de Janeiro: Câmara dos Deputados, sessão em 14 de setembro. Diario do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, anno 17, n. 206, p. 1, 15 set. 1838c.

RIO de Janeiro: Câmara dos Deputados, sessão em 10 de junho. Diário do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, anno 25, n. 7226, p. 1, 6 jun. 1846a.

RIO de Janeiro: Câmara dos Deputados, sessão em 11 de fevereiro de 1850. Diário do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, anno 29, n. 8326, p. 2, 13 fev. 1850a.

RIO de Janeiro: Câmara dos Deputados, sessão em 10 de abril de 1850. Diario do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, anno 29, n. 8371, p. 2, 11 abr. 1850b.

RIO de Janeiro. Câmara dos Srs Senadores, sessão de 18 de maio de 1847. Diario do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, anno 26, n. 7505, p. 2, 20 maio 1847.

RIO de Janeiro. Senado. Jornal do Commercio, Rio de Janeiro, anno 21, n. 219, p. 1, 9 ago. 1846b.

SENADO. Diario do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, anno 52, n. 275, p. 5, 8 out. 1869. Suplemento.

SESSÃO do Conselho Administrativo em 1 de junho de 1867. Auxiliador da Indústria Nacional, Rio de Janeiro, n.8, p. 315, ago. 1867.

SOCIEDADE Auxiliadora da Industria Nacional. O Auxiliador da Indústria Nacional, Rio de Janeiro, v. 4 da nova série, p. 41- 57, 1855.

SOCIEDADE Auxiliadora da Industria Nacional. O Auxiliador da Indústria Nacional, v. 55, n. 7, p. 144-168, jul. 1887.

URBINATI, Inoã Carvalho; LAMARÃO, Sergio. Sociedade Auxiliadora da Indústria Nacional (SAIN). In: ABREU, Alzira Alves de (org.). Dicionário histórico-biográfico da Primeira República (1889-1930). Rio de Janeiro: FGV: CPDOC, 2015. Disponível em: http://cpdoc.fgv.br/sites/default/files/verbetes/primeira-republica/SOCIEDADE%20AUXILIADORA%20DA%20IND%C3%9ASTRIA%20NACIONAL.pdf . Acesso em: 20 set. 2020.

VARIEDADES. Pharol do Império, Rio de Janeiro, anno 1, n. 10, p. 3, 30 mar. 1837.

VELOSO, José Mariano da Conceição. Carta do frei José Mariano Veloso ao conde de Linhares enviando amostra do primeiro papel fabricado no Rio de Janeiro, com embira do Brasil. 22/11/1809. Museu Imperial, Coleção do Arquivo da Casa Imperial do Brasil. Documento manuscrito. MFN: 00352

VENDAS. Diário do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, anno 33, n. 6544, p. 3, 10 fev. 1844.

Downloads

Publicado

2021-07-19

Como Citar

ALMEIDA, T. H. de; HANNESCH, O. As primeiras fábricas de papel na cidade do Rio de Janeiro no século XIX. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, [S. l.], v. 11, n. 22, p. 15–44, 2021. DOI: 10.35699/2237-5864.2021.25766. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/25766. Acesso em: 16 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos - Seção temática