Da poesia ao testamento

alguns aspectos do cinema de Jean Cocteau

Autores

  • Wellington Júnio Costa Universidade Federal de Sergipe

DOI:

https://doi.org/10.35699/2237-5864.2022.36059

Palavras-chave:

Jean Cocteau, Cinema, Análise cinematográfica, Poesia de Cinema, Autorretrato cinematográfico

Resumo

A poesia de Jean Cocteau (1889-1963) se expressa também pelos seus filmes, que constituem um verdadeiro legado artístico para a história do cinema mundial, o que a faz reverberar em produções alheias, à sua época e até os dias atuais, de Roberto Rossellini a Pedro Almodóvar, de Jacques Demy a Xavier Dolan. Com o intuito de identificar alguns aspectos que permitam estabelecer certa unidade de estilo em obra tão diversa, este artigo propõe três eixos de análise da produção cinematográfica de Jean Cocteau: poesia e trucagens; gêneros e adaptações; e o cinema na primeira pessoa. Contribuindo, assim, para a compreensão da longevidade da potência poética de uma obra concebida há mais de meio século.

Referências

A BELA e a Fera. Direção: Jean Cocteau. São Paulo; Rio de Janeiro: Continental Home Video, s/d [1946]. 1 DVD (93 min).

AZOURY, Ph.; LALANNE, J.-M..Cocteau et le cinema : Désordres. Paris: Chaiers du Cinéma/ Centre Pompidou, 2003.

BERTRAND, Solène. L’Éternel Retour ou le retour éternel de la légende tristanienne. La Revue des Lettres Modernes, Caen, Série Jean Cocteau, nº 5 – les adaptations, p. 39-52, 2008.

BOULANGER, Guillaume. Jean Cocteau, une vie de cinéma. Les Cahiers de l’Herne, Paris, Cocteau, p. 2016, p. 409-416, 2016.

BRUSS, Elizabeth. L’autobiographie au cinéma. La subjectivité devant l’objectif. Trad. Vincent Giroud. Poétique, Paris, nº 56, p. 461-482, nov. 1983.

CAÑIZAL, Eduardo P. Cinema e Poesia. In: XAVIER, Ismail (org.). O cinema no século. Rio de Janeiro: Imago, 1996, p. 353-364.

CLERC, J.-M; CARCAUD-MACAIRE, M. L’adaptation cinématographique et littéraire. Paris: Klincksieck, 2004. (Coleção 50 questions).

COCTEAU, Jean. Du cinematographe. Mônaco: Éditions du Rocher, 2003.

COCTEAU, Jean. Orphée. Paris: Librio, 2003.

COCTEAU, Jean. Le Sang d’un Poète. In: COCTEAU, Jean. Jean Cocteau: romans, poésies, œuvres diverses. Organização de Bernard Benech. 2ª Ed. Paris: Le livre de Poche, 2003. p. 1269-1315.

COCTEAU, Jean. Les Enfants terribles. In: COCTEAU, Jean. Jean Cocteau: romans, poésies, œuvres diverses. Organização de Bernard Benech. 2ª Ed. Paris: Le livre de Poche, 2003. p. 99-185.

COCTEAU, Jean. Le Testament d’Ophée. In: COCTEAU, Jean. Jean Cocteau: romans, poésies, oeuvres diverses. Organização de Bernard Benech. 2ª Ed. Paris: Le livre de Poche, 2003. p. 1317-1362.

COSTA, W. J. Jean Cocteau: a construção do eu no desenho, na literatura e no cinema. Uma análise transartística. Saarbrücken: Novas Edições Acadêmicas, 2016.

EPSTEIN, Jean. O cinema e as letras modernas; Bonjour cinema. Trad. Marcelle Pithon. In: XAVIER, Ismail (org.). A experiência do cinema. Rio de Janeiro: Graal, 1983. p. 269-280.

GRANGE, Marie-Françoise. L’autoportrait en cinéma. Rennes: Presses Universitaires de Rennes, 2008. (Le spectaculaire).

GULLENTOPS, David; NICOLAS, Candice. Jean Cocteau et le court métrage. Cahiers Jean Cocteau, Paris, n. 15, p. 5-268, 2017.

HÉRON, P.-M. et al. Jean Cocteau, unique et multiple. CD-ROM. Montpellier: Université Paul Valéry – Montpellier III, 2012.

JEAN Cocteau s’adresse à l’an 2000. Direção : Jean Cocteau. Paris: INA.FR, s/d [1963]. (23 min). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=3-t1Wo8JEdQ. Acesso em: 11 set. 2021.

JE suis Jean Cocteau. Direção: André Scucato; Cristina Pinheiro. Brasil: Cinema de Poesia, 2005. (11 min). Disponível em: https://vimeo.com/18267444. Acesso em: 11 set. 2021.

KURY, Mário da Gama. Dicionário de Mitologia Grega e Romana. 6ª edição. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2001.

LA FAYETTE, Madame de. La Princesse de Clèves. Paris: Flammarion, 1996.

L’AIGLE à deux têtes. Direção: Jean Cocteau. Paris: TF1, 2010 [1947]. 1 DVD (87 min).

LA PRINCESSE de Clèves. Direção: Jean Delannoy [Roteiro: Jean Cocteau]. Studio Canal, 2009 [1961]. 1 DVD (107 min).

LA VILLA Santo Sospir. Direção: Jean Cocteau. [36 min]. In: O TESTAMENTO de Orfeu. Direção: Jean Cocteau. São Paulo; Rio de Janeiro: Continental Home Video, s/d [1960]. 1 DVD (111 min).

LEJEUNE, Philippe. Cinéma et autobiographie: problèmes de vocabulaire. Revue Belge du Cinéma, L’écriture du je au cinéma, Bruxelles, nº 19, p. 7-13, primavera 1987.

LES DAMES du bois de Boulogne. Direção: Robert Bresson [Diálogos: Jean Cocteau]. Paris: TF1, 2009 [1945]. 1 DVD (82 min).

LES PARENTS terribles. Direção: Jean Cocteau. Paris: TF1, 2010 [1948]. 1 DVD (95 min).

L’ÉTERNEL retour. Direção: Jean Delannoy [Roteiro: Jean Cocteau]. SNC, 2008 [1943]. 1 DVD (107 min).

MARTINS, Isabella Brandão Mendes. Trilogia órfica: um estudo sobre o cinema poético de Jean Cocteau. 2019. 106 p. Dissertação de Mestrado em Comunicação e Sociedade – Faculdade de Comunicação Social, Universidade Federal de Juzi de Fora, Juiz de Fora, 2019.

OPIUM. Direção: Arielle Dombasle [Textos : Jean Cocteau]. Epicentre Films Editions, 2014 [2013]. 1 DVD (123 min).

ORFEU. Direção: Jean Cocteau. São Paulo; Rio de Janeiro: Continental Home Video, s/d [1950]. 1 DVD (95 min).

O SANGUE de um poeta. Direção: Jean Cocteau. São Paulo; Rio de Janeiro: Continental Home Video, s/d [1930]. 1 DVD (116 min [55 min]).

O TESTAMENTO de Orfeu. Direção: Jean Cocteau. São Paulo; Rio de Janeiro: Continental Home Video, s/d [1960]. 1 DVD (111 min).

RAMIREZ, Francis; ROLOT, Christian. Jean Cocteau : Le cinéma et son monde. Cahiers Jean Cocteau, Paris, n. 7, p. 5-171, 2009.

RUY Blas. Direção: Pierre Billon [Roteiro e diálogos: Jean Cocteau]. SNC, 2008 [1947]. 1 DVD (93 min).

SILVA, Ava; SOARES, Leonardo F. Imagens de Orfeu no cinema de Jean Cocteau. Garrafa, v. 16, n. 46, p. 273-286, out.-dez. 2018. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/garrafa/article/view/23956. Acesso em: 11 set. 2021.

TINEL, Muriel. Le cinéma et l’autoportrait: de l’expression de soi à l’expérience d’un support. Hors Champ, Montréal, 26 abr. 2006. Disponível em: https://horschamp.qc.ca/article/le-cinma-et-lautoportrait. Acesso em: 11 set. 2021.

Downloads

Publicado

2022-04-28

Como Citar

COSTA, W. J. Da poesia ao testamento: alguns aspectos do cinema de Jean Cocteau. PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, [S. l.], v. 12, n. 24, p. 56–74, 2022. DOI: 10.35699/2237-5864.2022.36059. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/view/36059. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos - Seção temática