Os memes e a polêmica velada sobre o ensino remoto emergencial

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1983-3652.2023.46126

Palavras-chave:

Memes, Polêmica velada, Ensino remoto emergencial

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar a polêmica velada veiculada por memes sobre o ensino remoto emergencial, vivenciado durante a pandemia de COVID-19 no Brasil. Para tanto, por meio do aporte teórico-metodológico da Análise Dialógica do Discurso, especialmente da noção de polêmica velada, analisamos três memes que circularam nas redes sociais durante os anos de 2020 e 2021. Os resultados apontam que os autores dos memes utilizam a polêmica velada como uma forma de hostilizar aspectos dos denominados discursos capitalista, pedagógico tradicional e tecnológico. Dessas relações dialógicas, são produzidos sentidos, efeitos de sentidos, que vão em direção a uma crítica social mais ampla. Essa crítica revela tanto as fragilidades do ensino remoto emergencial quanto as desigualdades sociais que dificultaram a sua viabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARAÚJO, Julio; FREITAS, Marcos Randall Oliveira de. O Projeto de Lei 5595 e o discurso de ódio: a desconstrução da carreira docente no contexto pandêmico. DELTA: Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada, v. 37, n. 4, 2022. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/delta/article/view/56107. Acesso em: 3 jul. 2022.

BAKHTIN, Mikhail. Os gêneros do discurso. Edição: Paulo Bezerra. São Paulo: Editora 34, 2016.

BAKHTIN, Mikhail. Para uma filosofia do ato responsável. Edição: Valdemir Miotello e Carlos Alberto Faraco. São Carlos: Pedro & João Editores, 2017.

BAKHTIN, Mikhail. Problemas da poética de Dostoiévski. Tradução: Paulo Bezerra. 5. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2018.

BASTOS, Rafael Lira Gomes. Interações discursivas em uma aula on-line de língua inglesa na plataforma Google Meet. Tabuleiro de Letras, v. 15, n. 1, p. 120–137, 2021. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/tabuleirodeletras/article/view/11387. Acesso em: 2 set. 2023.

BASTOS, Rafael Lira Gomes. As disputas de sentido envolvendo o corpo homossexual masculino caracterizado como urso: um exemplo de análise dialógica. Bakhtiniana: Revista de Estudos do Discurso, v. 17, n. 4, p. 35–56, out 2022. Disponível em: https://www.scielo.br/j/bak/a/gLZPrztS4f5dW7MKzSMVYrM/abstract/?lang=pt. Acesso em: 2 set. 2023.

BASTOS, Rafael Lira Gomes; LIMA, Samuel de Carvalho. Narrativas de aprendizagem de inglês em tempos de pandemia. In: OLIVEIRA, Kátia Cristina Cavalcante de; ALBUQUERQUE, Francisca Geane de;

SILVA ARAÚJO, Adriana da; SANTIAGO, Ana Gláudia Jerônimo de (ed.). Reflexões sobre o ensino de línguas e literatura, formação docente e material didático. São Carlos: Pedro & João Editores, 2020. p. 75–91.

BRAIT, Beth. Olhar e ler: verbo-visualidade em perspectiva dialógica. Bakhtiniana: Revista de Estudos do Discurso, v. 8, n. 2, p. 43–66, dez 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/j/bak/a/RjfLWT8xz63JrBKXhyw3ZRq/abstract/?lang=pt. Acesso em: 20 nov. 2022.

CAMPOS, Maria Inês Batista. A concepção de polêmica velada em duas edições da obra de Bakhtin sobre Dostoiévski. Bakhtiniana: Revista de Estudos do Discurso, v. 16, n. 2, p. 90–108, jun. 2021. Disponível em: https://www.scielo.br/j/bak/a/gJkjfhPsKD6X8MJxHtPnJdt/?lang=pt. Acesso em: 20 nov. 2022.

COSTA, João Walison de Oliveira; LIMA, Samuel de Carvalho. Um estudo exploratório sobre o ensino remoto de língua inglesa na escola pública potiguar em tempos de pandemia de Covid-19 (2020-2021). Revista Horizontes de Linguistica Aplicada, v. 21, n. 1, p. 1–9, 2022. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/horizontesla/article/view/42632. Acesso em: 3 jul. 2022.

DIAS, Henrique Sant’anna; LIMA, Luciana Dias de; LOBO, Maria Stella de Castro. Do ‘Mais Médicos’ à pandemia de Covid-19: duplo negacionismo na atuação da corporação médica brasileira. Saúde em Debate, v. 45, n. 2, p. 92–106, dez 2021. Disponível em: https://www.scielo.br/j/sdeb/a/7vqv8QtYVzyrFg6rZQMTVPg/abstract/?lang=pt. Acesso em: 20 nov.

LARA, Marina Totina de Almeida; MENDONÇA, Marina Célia. O meme em material didático: considerações sobre ensino/aprendizagem de gêneros do discurso. Bakhtiniana: Revista de Estudos do Discurso, v. 15, n. 2, p. 185–209, jun. 2020. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/bakhtiniana/article/view/42169/31615. Acesso em: 2 set. 2023.

LIMA, Anny Angélica de Assis Maia de; SILVA, Nara Karolina de Oliveira; BESSA, José Cezinaldo Rocha. Representações sobre a escrita do TCC em memes da página TCC da Depressão. Domínios de Lingu@gem, v. 17, p. 1–27, 2023. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/dominiosdelinguagem/article/view/67131. Acesso em: 2 set. 2023.

LIMA, Samuel de Carvalho. (Auto) reflexão sobre uma aula remota de língua inglesa de orientação decolonial por meio da análise dialógica de memes. Revista EntreLinguas, v. 8, n. 00, p. 1–15, 2022. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/entrelinguas/article/view/15160. Acesso em: 16 nov. 2022.

LIMA, Samuel de Carvalho; BASTOS, Rafael Lira Gomes. A produção de sentido no discurso jornalístico sobre a pandemia de covid-19 no Brasil. Linguagem em (Dis)Curso, v. 21, n. 2, p. 253–265, ago 2021. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ld/a/mP6ny5fyCCQW4CLSrpzYHgv/. Acesso em: 2 set. 2023.

LIMA-NETO, Vicente. Meme é gênero?: questionamentos sobre o estatuto genérico do meme. Trabalhos em Linguística Aplicada, v. 59, n. 3, p. 2246–2277, 2021. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/tla/article/view/8659859. Acesso em: 2 set. 2023.

MACIEL, Lucas Vinício de Carvalho. A (in)distinção entre dialogismo e intertextualidade. Linguagem em (Dis)curso, v. 17, n. 1, p. 137–151, 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ld/a/9C657GxzHtTSgjd7yb6nkVJ/?lang=pt&format=html&stop=next#. Acesso em: 15 nov. 2022.

MADDALENA, Tania Lucia; COUTO JUNIOR, Dilton Ribeiro; TEIXEIRA, Marcelle Medeiros. O que dizem os memes da educação na pandemia? Dilemas e possibilidades formativas. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica, v. 5, n. 16, p. 1518–1534, 2020. Disponível em: https://www.revistas.uneb.br/index.php/rbpab/article/view/9184. Acesso em: 3 jul. 2022.

MEDVIÉDEV, Pável Nikoláievitch. O método formal nos estudos literários: introdução crítica a uma poética sociológica. Tradução: Ekaterina Vólkova Américo e Sheila Camargo Grillo. São Paulo: Contexto, 2012.

MENEZES, Vera. Tecnologias digitais no ensino de línguas. Revista da Abralin, v. 18, n. 1, p. 1–26, 2019. Disponível em: https://revista.abralin.org/index.php/abralin/article/view/1323. Acesso em: 2 set. 2023.

PAES, Francisco Cleyton de Oliveira; FREITAS, Samya Semião. Trabalho docente em tempos de isolamento social: uma análise da percepção do uso das tecnologias digitais por professores da educação básica pública. Revista Linguagem em Foco, v. 12, n. 2, p. 129–149, 2020. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/linguagememfoco/article/view/4050. Acesso em: 20 nov. 2022.

PORTO BOENAVIDES, Débora Luciene. Publicação e recepção das obras do Círculo de Bakhtin no Brasil: a consolidação da análise dialógica do discurso. Bakhtiniana. Revista de Estudos do Discurso, v. 17, n. 4, p. 104–131, 2022. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/bakhtiniana/article/view/56378. Acesso em: 9 nov. 2022.

RECUERO, Raquel. Memes e dinâmicas sociais em weblogs: informação, capital social e interação em redes sociais na internet. Intexto, n. 15, p. 124–140, 2008. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/intexto/article/view/4265. Acesso em: 27 ago. 2023.

RECUERO, Raquel; SOARES, Felipe. O Discurso Desinformativo sobre a Cura do COVID-19 no Twitter: Estudo de caso. E-Compós, v. 24, 2021. Disponível em: https://www.e-compos.org.br/e-compos/article/view/2127. Acesso em: 3 jul. 2022.

SILVA, Ananias Agostinho da. Memes virtuais: gênero do discurso, dialogismo, polifonia e heterogeneidade enunciativa. Travessias, v. 10, n. 3, p. 341–361, 2016. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/15111. Acesso em: 27 ago. 2023.

SILVA, Lucas Nascimento. Análise dialógica da argumentação polêmica: uma hipótese geral. Entrepalavras, v. 9, n. 1, p. 151–169, 2019. Disponível em: http://www.entrepalavras.ufc.br/revista/index.php/Revista/article/view/1395/576. Acesso em: 20 nov. 2022.

SOUZA JÚNIOR, Jaime de. #Selfienaurna, memes, imagens e fenômenos: propagações digitais e uma proposta multimodal e semiótico-social de análise. Texto Livre: Linguagem e Tecnologia, v. 8, n. 2, p. 1–26, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/textolivre/article/view/16697/13454. Acesso em: 27 ago. 2023.

SOUZA JÚNIOR, Jaime de. O lado ‘nego’ dos memes da internet. Cadernos de Linguagem e Sociedade, v. 17, n. 2, p. 99–121, 2016. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/les/article/view/4012. Acesso em: 27 ago. 2023.

SOUZA JÚNIOR, Jaime de. Transmediatisation of the Covid-19 crisis in Brazil: the emergence of (bio-/geo-)political repertoires of (re-)interpretation. Humanities And Social Sciences Communications, v. 8, n. 1, p. 1–15, 2021. Disponível em: https://www.nature.com/articles/s41599-021-00883-x#citeas. Acesso em: 26 ago. 2023.

VOLÓCHINOV, Valentin (Círculo de Bakhtin). Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Tradução: Sheila Grillo e Ekaterina Vólkova Américo. São Paulo: Editora 34, 2018.

Downloads

Publicado

15-10-2023

Como Citar

BASTOS, R. L. G. Os memes e a polêmica velada sobre o ensino remoto emergencial. Texto Livre, Belo Horizonte-MG, v. 16, p. e46126, 2023. DOI: 10.1590/1983-3652.2023.46126. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/textolivre/article/view/46126. Acesso em: 23 fev. 2024.