O socioconstrutivismo, a literacia e o trabalho com TICs durante a pandemia de Coronavírus em 2020

Autores

DOI:

https://doi.org/10.35699/1983-3652.2021.34333

Palavras-chave:

Literacia, Ensino remoto, Socioconstrutivismo

Resumo

Este artigo busca discutir os pontos positivos e negativos do trabalho de ensino-aprendizagem da literacia (MORAIS, 2013; 2014) durante a pandemia de coronavírus em 2020 de um ponto de vista de uma teoria socioconstrutivista (VYGOTSKY, 1991). Assim, especificamente, buscamos discutir como a utilização de diferentes Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) exerce influência no desenvolvimento da leitura e da escrita, na fase de alfabetização de crianças, especialmente quais os papéis e os atores desse processo e como se verifica o alcance da zona de desenvolvimento proximal (ZDP) do discente. Um dos pontos negativos do uso exclusivo de TICs no ensino, tanto em atividades síncronas como assíncronas, é a dificuldade de diagnóstico do nível de aprendizagem dos discentes. Afinal, por meio do ensino presencial, é possível acompanhar o progresso do aluno durante o processo de alfabetização e, assim, verificar o desenvolvimento da ZDP de diversas formas. Um dos pontos positivos do uso de TICs é a valorização da autonomia do discente no processo de ensino-aprendizagem de leitura e de escrita e, assim, também ocorre o reconhecimento do papel de mediador do docente. Além disso, os familiares (pais, avós, irmãos, etc.) que acompanham essa criança durante as aulas remotas também passam a atuar em certa medida, assim como os docentes, como mediadores do processo de ensino-aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL. Política Nacional de Alfabetização. [S.l.]: Brasília: MEC, SEALF, 2019. Disponível em: http://alfabetizacao.mec.gov.br/. Acesso em: 19 jun. 2021.

IVIC, Ivan. Lev Semionovich Vygotsky. Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2010.

MOLL, Luis C.; GREENBERG, James B. Creating zones of possibilities: Combining social contexts for instruction. In: MOLL, Luis C. (Ed.). Vygotsky and Education. 1. ed. [S.l.]: Cambridge University Press, nov. 1990. p. 319–348. DOI: 10.1017/CBO9781139173674.016. Disponível em: https://www.cambridge.org/core/product/identifier/CBO9781139173674A025/type/book_part. Acesso em: 19 jun. 2021.

MORAIS, José. Alfabetizar para a Democracia. Porto Alegre: Penso Editora, jun. 2014.

MORAIS, José. Criar leitores: para professores e educadores. Barueri: Manole, 2013.

NATIONAL EARLY LITERACY PANEL. Developing early literacy: report of the national early literacy panel. A scientific synthesis of early literacy development and implications for intervention. Washington, 2009. Disponível em: https://lincs.ed.gov/publications/pdf/NELPReport09.pdf. Acesso em: 19 jun. 2021.

NATIONAL READING PANEL. Teaching children to read: an evidence-based assessment of the scientific research literature on reading and its implications for reading instruction. Washington, 2000. Disponível em: https://www.nichd.nih.gov/sites/default/files/publications/pubs/nrp/Documents/report.pdf. Acesso em: 19 jun. 2021.

NEWMAN, Fred. Lev Vygotsky - Cientista revolucionário. São Paulo: Edições Loyola, mar. 2002.

SÉNÉCHAL, Monique; YOUNG, Laura. The Effect of Family Literacy Interventions on Children’s Acquisition of Reading From Kindergarten to Grade 3: A Meta-Analytic Review. Review of Educational Research, v. 78, n. 4, p. 880–907, dez. 2008. DOI: 10.3102/0034654308320319. Disponível em: http://journals.sagepub.com/doi/10.3102/0034654308320319. Acesso em: 19 jun. 2021.

SHANAHAN, Timothy; SHANAHAN, Cynthia. Teaching Disciplinary Literacy to Adolescents: Rethinking Content- Area Literacy. Harvard Educational Review, v. 78, n. 1, p. 40–59, abr. 2008. DOI: 10.17763/haer.78.1.v62444321p602101. Disponível em: https://meridian.allenpress.com/her/article/78/1/40/31935/Teaching-Disciplinary-Literacy-to-Adolescents. Acesso em: 19 jun. 2021.

SKINNER. Behavior of Organisms. New York: Appleton-Century-Crofts, 1983.

VYGOTSKI, L. S. A Formação Social da Mente: o Desenvolvimento dos Processos Psicológicos Superiores. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

WASIK, Barbara Hanna. Handbook of Family Literacy. New Jersey: Lawrence Erlbaum Associates, 2004.

Downloads

Publicado

2021-07-02

Como Citar

FONSECA, J. R. da .; TEIXEIRA, L. R. .; CARMONA, D. A. . O socioconstrutivismo, a literacia e o trabalho com TICs durante a pandemia de Coronavírus em 2020. Texto Livre: Linguagem e Tecnologia, Belo Horizonte-MG, v. 14, n. 2, p. e34333, 2021. DOI: 10.35699/1983-3652.2021.34333. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/textolivre/article/view/34333. Acesso em: 17 out. 2021.