Instagram, fast food e Pedagogia Histórico-Crítica

ingredientes para o discurso a favor de uma alimentação saudável no contexto de ensino de inglês

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1983-3652.2023.45190

Palavras-chave:

Ensino de língua inglesa, Pedagogia Histórico-Crítica, Análise dialógica do discurso, Escola pública, Educação profissional

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar o discurso de estudantes de ensino médio a favor de uma alimentação saudável no contexto de ensino de língua inglesa em uma escola pública de educação profissional. A partir da Análise Dialógica do Discurso, explora-se um corpus composto por duas postagens no Instagram de estudantes do ensino médio integrado ao curso técnico de Nutrição e Dietética que produziram textos verbo-visuais durante uma pesquisa-ação com aulas de inglês inspiradas na Pedagogia Histórico-Crítica. A análise das postagens revela que o discurso a favor de uma alimentação saudável se inter-relaciona com o discurso técnico, o discurso do cotidiano e o discurso sobre as consequências do consumo de fast food. A análise também evidencia que as postagens apresentam uma ênfase valorativa negativa em relação ao consumo de fast food, e, por meio do panfleto e do cartaz informativo, denunciam os perigos de escolhas alimentares não saudáveis, buscando, ainda, conscientizar seus interlocutores e promover uma mudança na prática social desses sujeitos. Conclui-se que as aulas de inglês inspiradas na Pedagogia Histórico-Crítica oportunizam aos estudantes circular discursos em uma rede social de grande alcance, ampliando seus interlocutores, comprometendo-se a colaborar para uma sociedade mais consciente dos seus hábitos alimentares.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elaine Cristina Gomes Aires de Oliveira, Centro Estadual de Educação Profissional Professor Francisco de Assis Pedrosa, Mossoró, RN, Brasil

Mestre do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT) pelo IFRN. Possuo especialização em Docência do ensino superior pela Universidade Potiguar (Unp) e Graduada em Letras (Língua Inglesa) pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e Língua Portuguesa pela Universidade Estácio. Atualmente trabalha como docente em uma escola de ensino integral e profissional (CEEP - Mossoró). No campo da pesquisa, procuro dialogar com autores da área da Análise Dialógica do Discurso, bem como, com aqueles que buscam fomentar seus estudos no ensino Integrado e Profissionalizante.

Samuel de Carvalho Lima, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, Mossoró, RN, Brasil

Atualmente, exerço o cargo de Presidente da Associação Brasileira de Professores de Língua Inglesa da Rede Federal de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (ABRALITEC) (2023-atual) e de Assessor de Extensão e Relações Internacionais (ASERI), em exercício na Reitoria do IFRN, Natal (2020-atual). Sou Doutor em Linguística pela Universidade Federal do Ceará (2012) e realizei Estágio de Pós-doutorado em Ciências da Educação, na especialidade de Educação em Línguas Estrangeiras, na Universidade do Minho (Portugal, 2018). Sou professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, campus Mossoró (IFRN), onde atuo no Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, no Mestrado em Ensino (POSENSINO) e no Doutorado em Ensino (RENOEN). Sou líder do Grupo de Pesquisa em Ensino-Aprendizagem de Línguas (CNPq/IFRN). Realizo e oriento investigações, a partir da Análise Dialógica do Discurso, sobre o ensino de línguas na escola pública e suas interfaces com as tecnologias digitais e a internacionalização.

Referências

AGHAYI, Amir Allan; CHRISTISON, MaryAnn. Instagram as a tool for professional learning: English language teachers’ perceptions and beliefs. In: KELCH, Ken; BYUN, Peter; SAFAVI, Setareh (Eds.). CALL Theory Applications for Online TESOL Education. Hershey, PA: IGI Global, 2021. p. 82–98.

AHANGARI, Saeideh; SEPEHRAN, Hayedeh. The effect of intertextuality on Iranian EFL learners’ critical writing. Iranian Journal of Language Teaching Research, Urmia University, v. 2, n. 1, p. 85–98, 2014.

ANDUJAR, Alberto; ÇAKMAK, Fidel. Foreign language learning through instagram: a flipped learning approach. In: RESEARCH Anthology on Applying Social Networking Strategies to Classrooms and Libraries. Hershey, PA: IGI Global, 2023. p. 278–299.

BAKHTIN, Mikahil. Speech Genres and Other Late Essays. Texas, USA: University Of Texas Press, 1986.

BAKHTIN, Mikhail. Os gêneros do discurso. Organização, tradução, posfácio e notas de Paulo Bezerra; notas da edição russa de Serguei Botcharov. São Paulo, SP: Editora 34, 2016.

BOBKINA, Jelena; STEFANOVA, Svetlana. Literature and critical literacy pedagogy in the EFL classroom: Towards a model of teaching critical thinking skills. Studies in Second Language Learning and Teaching, v. 6, n. 4, p. 677–696, Dec. 2016. ISSN 2084-1965, 2083-5205. DOI: 10.14746/ssllt.2016.6.4.6. Available from: https://pressto.amu.edu.pl/index.php/ssllt/article/view/6819. Visited on: 18 June 2023.

BRAIT, Beth. Olhar e ler: verbo-visualidade em perspectiva dialógica. Bakhtiniana: Revista de Estudos do Discurso, v. 8, n. 2, p. 43–66, 2013. DOI: 10.1590/S2176-45732013000200004. Available from: https://revistas.pucsp.br/index.php/bakhtiniana/article/view/16568.

BRAIT, Beth. Bakhtin conceitos-chave. 5. ed. São Paulo, SP: Contexto, 2020.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular - Ensino Médio. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2017. p. 578.

CAETANO, Érika Amâncio. “But When do I do Critical Literacy?” Perspectives for Designing Critical Literacy Activities in EFL Classrooms. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, v. 20, n. 2, p. 279–300, 2020. DOI: 10.1590/1984-6398202015635. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-63982020000200279&tlng=en.

COSTA, Giselda dos Santos. Visualização: a quinta habilidade linguı́stica no ensino e aprendizagem de inglês como lı́ngua estrangeira. Revista Linguagem em Foco, v. 3, n. 5, p. 167–182, 2019.

GALVÃO, Ana Carolina; LAVOURA, Tiago Nicola; MARTINS, Lı́gia Márcia. Fundamentos da didática histórico-crı́tica. Campinas, SP: Autores Associados, 2019. p. 253.

GARCIA, Maria Teresa Martinez; GARCIA, Valentı́n Martinez. Do You Use Instagram?: The Presence of Social Networks in the Foreign Language Classroom. In: GARCIA-SANCHEZ, Soraya; CLOUET, Richard (Eds.). Intercultural Communication and Ubiquitous Learning in Multimodal English Language Education.

Hershey, PA: IGI Global, 2022. p. 226–243.

LIMA, Samuel de Carvalho. Ensino de inglês na escola pública em perspectiva INdisciplinar e dialógica. Revista da Anpoll, v. 52, n. 2, p. 138–156, 2021. DOI: 10.18309/ranpoll.v52i2.1556. Available from: https://revistadaanpoll.emnuvens.com.br/revista/article/view/1556.

LIMA, Samuel de Carvalho. (Auto) reflexão sobre uma aula remota de lı́ngua inglesa de orientação decolonial por meio da análise dialógica de memes. Revista EntreLinguas, v. 8, n. 00, p. 1–15, 2022.

LIMA, Samuel de Carvalho; MENDES, Eliziane de Sousa Sampaio. Whatsapp e fake news no ensino de lı́ngua inglesa em uma escola pública do interior do estado do Ceará. Texto Livre: Linguagem e Tecnologia, Universidade Federal de Minas Gerais, v. 13, n. 2, p. 182–200, 2020.

MOITA LOPES, Luiz Paulo da. Uma linguı́stica aplicada mestiça e ideológica: interrogando o campo como linguista aplicado. In: MOITA LOPES, Luiz Paulo da (Ed.). Por uma linguística aplicada Indisciplinar. São Paulo, SP: Parábola Editorial, 2006. p. 13–44.

MULICO, Lesliê Vieira. Learning from the subaltern: What does Maria Lindalva teach us about hegemonic-common-sense-ideology and text selection for English language learning materials? Trabalhos em Linguística Aplicada, v. 59, n. 1, p. 129–150, 2020. DOI: 10.1590/010318135865425912020. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-18132020000100129&tlng=en.

OLIVEIRA, Elaine Cristina Gomes Aires de. Pedagogia Histórico-Crítica no Ensino de Língua Inglesa: uma análise dialógica do discurso contra a cultura do fast food. 2022. 91 f. Mestrado – Curso de Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica Profept – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, Mossoró, Rio Grande do Norte.

PRASETYAWATI, Octana Ayu; ARDI, Priyatno. Integrating Instagram into EFL Writing to Foster Student Engagement. Teaching English with Technology, ERIC, v. 20, n. 3, p. 40–62, 2020.

ROHLING, Nı́vea. A pesquisa qualitativa e análise dialógica do discurso: caminhos possı́veis. Cadernos de Linguagem e Sociedade, v. 15, n. 2, p. 44–60, 2014.

SADEGHI, Fatemeh et al. Iranian EFL teachers’ and learners’ perceptions of the principles of critical thinking: a constructivist grounded theory study. Iranian Journal of Language Teaching Research, Urmia University, v. 8, n. 2, p. 63–81, 2020.

SAVIANI, Dermeval. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. Revista Brasileira de Educação, v. 12, n. 34, p. 152–180, 2007. DOI: 10.1590/S1413-24782007000100012.

SAVIANI, Dermeval. Pedagogia histórico-crítica, quadragésimo ano: novas aproximações. Campinas: Autores Associados, 2019. ISBN 9788574964294.

SOBKOWIAK, Paweł. Critical thinking in the intercultural context: Investigating EFL textbooks. Studies in Second Language Learning and Teaching, v. 6, n. 4, p. 697–716, 2016. DOI: 10.14746/ssllt.2016.6.4.7.

SUARCAYA, Putu; PRASASTI, Wigati Dyah. Investigating Students’ Critical Reading: Critical Literacy in EFL Setting. Electronic Journal of Foreign Language Teaching, v. 14, n. 2, p. 220–232, 2017.

URZÊDA-FREITAS, Marco Túlio De. Educando para transgredir: reflexões sobre o ensino crítico de línguas estrangeiras/inglês. Trabalhos em Linguística Aplicada, v. 51, n. 1, p. 77–97, 2012. DOI: 10.1590/S0103-18132012000100005.

VOLÓCHINOV, Valentin. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Trans. by Sheila Grillo and Ekaterina Vólkova Ámérico. São Paulo: Editora 34, 2018. p. 376

Downloads

Publicado

05-07-2023

Como Citar

OLIVEIRA, E. C. G. A. de; LIMA, S. de C. Instagram, fast food e Pedagogia Histórico-Crítica: ingredientes para o discurso a favor de uma alimentação saudável no contexto de ensino de inglês. Texto Livre, Belo Horizonte-MG, v. 16, p. e45190, 2023. DOI: 10.1590/1983-3652.2023.45190. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/textolivre/article/view/45190. Acesso em: 2 dez. 2023.