Aprendizagem colaborativa em cursos semi-presenciais de formação em docência do ensino superior

  • Zulmira Medeiros Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-5953-941X
  • Maria de Lourdes Coelho Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil.
  • Bianca Rückert Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-3270-7855
  • Bréscia França Nonato Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-6779-8278
  • Helen Cristina do Carmo Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil.
Palavras-chave: Aprendizagem colaborativa, Ensino superior

Resumo

Este artigo apresenta uma análise de atividades realizadas em um ambiente virtual de aprendizagem associadas a atividades presenciais, com o objetivo de contribuir com metodologias que visem a uma aprendizagem colaborativa em rede. Nesse sentido, os alunos trabalham coletivamente, de forma a minimizar a centralidade da figura dos tutores e a favorecer a participação, a colaboração, as iniciativas e a autonomia dos próprios alunos. O estudo realizou-se na Universidade Federal de Minas Gerais, no âmbito da formação docente para o ensino superior – uma ação do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais – REUNI. Neste artigo, apresentamos os elementos teóricos que sustentaram o trabalho e a análise dos recursos e procedimentos didáticos utilizados. Os resultados obtidos apontam práticas de mediação que propõem o uso das tecnologias de informação e comunicação de forma inovadora e colaborativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Zulmira Medeiros, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil.

Doutora em Educação pela FaE-UFMG (2011), Mestre em Educação Tecnológica pelo CEFET-MG (2005), com graduação em Pedagogia pela UFMG (2001). É pedagoga na UFMG, na Pró-Reitoria de Graduação - Diretoria de Inovações e Metodologias de Ensino, onde faz parte da equipe editorial da Revista Docência do Ensino Superior e das assessorias pedagógicas aos docentes. Possui estudos e trabalhos nas seguintes temáticas: avaliação da aprendizagem; didática do ensino superior; teorias da aprendizagem no ensino superior; tecnologias digitais como recursos pedagógicos na educação básica e no ensino superior. 

Maria de Lourdes Coelho, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil.

Doutora e mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação - FaE - UFMG (2001); Especialista em Educação a Distância pela UnB (2001); Pedagoga pela Faculdade de Educação /UFMG (1990). Exerce o cargo de pedagoga no GIZ ? Rede de Desenvolvimento de Práticas de Ensino Superior da Pró-Reitoria de Graduação da UFMG com atividades de formação inicial e continuada dos professores universitários Lecionou em cursos de graduação e de pós-graduação das seguintes instituições: PUC-Minas, UNINCOR- Betim e Fundação Educacional para o Trabalho de Minas Gerais. 

Bianca Rückert, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil.

Professora Adjunta do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Vice-Coordenadora do Colegiado do Bacharelado Interdisciplinar de Saúde Diurno. Farmacêutica, Especialista em Democracia Participativa, Mestre em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Doutora em Saúde Coletiva pelo Instituto René Rachou da Fundação Oswaldo Cruz (IRR-Fiocruz). Atua desde 2006 em processos educativos, com enfoque em práticas de cuidado, promoção da saúde e formação docente. 

Bréscia França Nonato, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil.

Doutora (2018) e mestre (2012) em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais, com graduação em Pedagogia (2009) pela mesma universidade. Atuou como professora substituta no setor de Sociologia (2013) e no setor de Didática (2017) da Faculdade de Educação da UFMG. Trabalhou como coordenadora pedagógica e professora em cursos de formação de professores oferecidos pela UFMG em parceria com o MEC.

Referências

BRASIL. Decreto 6.096 de 24 de abril de 2007. Institui o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Apoio e Expansão das Universidades Federais – REUNI. Brasília: MEC, 2007.

GIL, A. C. Didática do Ensino Superior. São Paulo: Atlas, 2007.

GIUSTA, A. S. Concepções do processo ensino-aprendizagem. In A. S. GIUSTA & I. M. FRANCO. Educação a distância: uma articulação entre a teoria e a prática (pp. 45-74). Belo Horizonte: PUC Minas Virtual, 2007.

LARROSSA, J. Notas sobre a experiência e o saber da experiência. Revista Brasileira de Educação. Jan/Fev/Mar/Abr, 2002.

PERRENOUD, P. A avaliação entre duas lógicas. In P. PERRENOUD. Avaliação: da excelência à regulação das aprendizagens. (pp. 9-23). Porto Alegre: Artmed Editora, 1999.

PERRENOUD, P. A prática reflexiva no ofício de professor: profissionalização e razão pedagógica. Porto Alegre: Artmed Editora, 2002.

PIMENTA, S. G. & ANASTASIOU, L. G. C. Docência no Ensino Superior. São Paulo: Cortez, 2005.

VEIGA, I. P.; RESENDE, L. M. G.; FONSECA, M. Aula universitária e inovação. In I. P. VEIGA & M. E. L. M. CASTANHO. Pedagogia Universitária: a aula em foco (pp. 161-191). Campinas, SP: Papirus, 2000.

Publicado
2012-10-15
Como Citar
MEDEIROS, Z.; COELHO, M. DE L.; RÜCKERT, B.; NONATO, B. F.; CARMO, H. C. DO. Aprendizagem colaborativa em cursos semi-presenciais de formação em docência do ensino superior. Revista Docência do Ensino Superior, v. 2, p. 42-52, 15 out. 2012.
Edição
Seção
Artigos